Roteiro para 5 dias em Paris: Conheça a capital a pé

Pompidou

A melhor maneira de conhecer Paris é andando. Neste roteiro de 5 dias em Paris, vão ser pouquíssimas as vezes que você vai usar o ônibus ou qualquer outro transporte público. Confira esse roteiro para 5 dias em Paris, perfeito para quem está visitando a capital francesa pela primeira vez.

Ao organizar o seu roteiro tenha em mente que alguns museus não abrem todos os dias da semana, por isso verifique bem os horários e datas de abertura. Se necessário, troque o roteiro de um dia pelo outro.

Mas antes de começar, um detalhe importante: sabia que é obrigatório ter seguro viagem para entrar na França? Saiba mais aqui.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Paris no inverno

Veja aqui o que fazer em 5 dias em Paris

PRIMEIRO DIA

Trocadéro e Torre Eiffel

Torre Eiffel / 5 dias em Paris

5 DIAS EM PARIS. Comece o dia de manhã no Trocadéro, pátio com a vista mais privilegiada da Torre Eiffel. Quando ainda é cedo a quantidade de turistas é menor e tem o sol nascendo logo ao lado da Torre — o cenário é dourado, digno de filme.

Em seguida, desça as escadas dos Jardins do Trocadéro rumo à Torre Eiffel. Compre seus ingressos online com hora agendada para acessar o monumento mais facilmente. A tarifa para adultos subirem até o topo custa € 25,90. Conheça outros programas para fazer ao redor da Torre Eiffel.

LEIA TAMBÉM: Onde se hospedar perto da Torre Eiffel (diárias a partir de € 60)

Rue Cler

Do Champ de Mars, jardim onde fica a Torre Eiffel, pegue a Rue de Belgrade à direita (sentido olhando para a Torre), siga em frente até chegar no cruzamento com a Rue Cler e a Rue de Grenelle. Essa rua para pedestres é uma das mais charmosas de Paris cheia de cafés e lojas de produtos frescos e locais como boulangeries, lojas de queijos, mel e sorveterias. Veja aqui outras ruas charmosas de Paris. Volte para a Rue de Grenelle e siga em frente até chegar nos Invalides.

Invalides

Invalides / 5 dias em Paris

Os Invalides já foi um hospital para soldados, hoje ele abriga o túmulo de Napoleão Bonaparte e o Musée de l’Armée (museu do exército). Você pode atravessar o monumento gratuitamente. Mas sendo a sua primeira vez em Paris e considerando que você tem apenas 5 dias, é melhor deixar o Napoleão e o museu para uma próxima vez, a não ser que você seja muito fã do assunto.

Pont Alexandre III

Pont Alexandre III

Em frente aos Invalides fica a suntuosa Pont Alexandre III, ponte com ornamentos dourados e lustres extravagantes que simboliza a amizade entre os franceses e russos. Atravessando (e tirando muitas fotos nessa ponte) você chega no Grand e no Petit Palais. Esses dois prédios suntuosos, com portas gingatescas sediam exposições e desfiles de moda. Mais à frente você chegará no cruzamento com a famosa Champs-Elysées.

Champs-Elysées

A avenida mais conhecida do mundo tem tanto lojas de grife como lojas mais acessíveis como Sephora, Zara, H&M, Nike e Monoprix. Suba a Champs-Elysées em direção ao Arco do Triunfo.

Arco do Triunfo

Arco do Triunfo

Assista o pôr do sol do alto do monumento, com vistas deslumbrantes para a Torre Eiffel e toda a cidade de Paris. A entrada é subterrânea, o ingresso custa € 13 e o acesso ao topo envolve uma escadaria em forma de caracol com 284 degraus. Mas a vista lá de cima faz tudo valer a pena.

Em seguida, desça o Arco e pegue o ônibus 92 logo ali ao lado e desça no ponto Alma-Marceau para embarcar em um dos Bateaux Mouches. O passeio de pouco mais de 1h é surpreendente, principalmente à noite, quando a cidade está toda iluminada. O ingresso para o tour custa € 14.

SEGUNDO DIA

Louvre

5 dias em Paris / Louvre

5 DIAS EM PARIS. Comece o segundo dia da sua estadia em Paris passeando no museu mais visitado do mundo, o Louvre. E para evitar a multidão de turistas, o melhor mesmo é ir de manhã, assim que ele abre (09h). Para ver o essencial, como a Mona Lisa, a Vênus de Milo, a Vitória de Samotrácia e os apartamentos de Napoleão, conte pelo menos 2h30. O ingresso comprado online custa € 17.

Palais Royal

Palais Royal

Do Louvre, ande 5 minutos até o Palais Royal. Esse pátio cercado por um lindo palácio tem um jardim com um corredor de árvores, fonte, cadeirinhas verdes de metal, galerias com cafés e brechós de luxo. O Palais Royal é conhecido também pelas Colunas de Buren, as colunas listradinhas de vários tamanhos expostas na entrada do pátio. A entrada é livre.

Se quiser almoçar por ali, tem o Restaurant du Palais Royal — um restaurante estrelado com menus para o almoço no valor de € 57.

Jardim das Tulherias e Angelina

Jardim das Tulherias / 5 dias em Paris

Depois de visitar o Palais Royal volte em direção ao Louvre para visitar o Jardim das Tulherias. Esse jardim gigantesco fica na frente do museu e tem várias fontes, estátuas, árvores alinhadas e o Musée de l’Orangerie — que expõe obras de Cézanne, Henri Matisse, Modigliani, Monet, Pablo Picasso e Renoir. O jardim foi recomendado pela Rainha de Médicis, em 1664, e projetado pelo mesmo arquiteto dos jardins de Versalhes, André Le Nôtre.

Se estiver com frio ou com vontade de comer um docinho, você pode sair pela lateral do jardim e tomar um chocolate quente e comer uma sobremesa gostosa, como o opéra ou o millefeuilles, no refinado salão de chá do Angelina na Rue de Rivoli. Veja nesse post outros lugares para tomar chocolate quente em Paris.

Ladurée e Place Vendôme

Ladurée / 5 dias em Paris

Em um cruzamento da Rue de Rivoli você também pode comprar macarons na Ladurée (

Place de la Concorde

Encerre o dia na Place de la Concorde, praça com o maior relógio do mundo em forma de obelisco e cenário de grande parte das execuções durante a Revolução Francesa, incluindo a de Maria Antonieta e do Rei Luís 16.

TERCEIRO DIA

Museu d’Orsay

Museu d'Orsay

5 DIAS EM PARIS. Comece o dia no Museu d’Orsay que expõe grande obras do movimento impressionista. O museu fica em uma antiga estação de trem e conta com um acervo riquíssimo. Lá tem obras de Cézanne, Degas, Delacroix, Van Gogh, Klimt, Monet e Toulouse-Lautrec. A entrada para o museu custa € 12,40.

Opéra

Depois pegue o ônibus 68 e desça em Opéra, de frente para a sala de espetáculo de mesmo nome. O Opéra é aberto para visitas. Mesmo que você não vá assistir um concerto, vale a pena pagar a entrada de € 14 para conhecer o hall de entrada com suas escadas de mármore, esculturas e pinturas majestuosas no teto. Você também pode entrar na sala de espetáculo e ver o teto colorido pintado por Chagall e as poltronas vermelhas de veludo contrastando com os ornamentos dourados que enfeitam as paredes.

Café de la Paix

Depois da visita à casa de espetáculo do século 19, você pode tomar um café no chiquérrimo Café de La Paix, logo ali ao lado.

Galeries Lafayette

Em seguida, hora de fazer compras na suntuosa Galeries Lafayette. A loja de departamento vende cosméticos, roupas, bolsas, sapatos, ítens de decoração e mil e outras coisas. Você tem opções de luxo e marcas mais em conta.

Mesmo se você não planeja fazer compras, entre na Galeries Lafayette para conhecer a cúpula de vidro colorido no meio da loja. Suba também no último andar para conferir o terraço com vista para Paris, incluindo a Torre Eiffel e o teto do Opéra. O acesso é gratuito.

Boulevard Saint-Germain

Café de Flore

Pegue o ônibus 95 e desça em Saint-Germain-des-Près para flanar pela icônica Boulevard Saint-Germain pontilhada por butiques de decoração, lojas de grife e cafés tradicionais parisienses, incluindo os famosissímos Café de Flore e Les Deux Magots. Esses cafés eram frequentados por personalidades históricas como Pablo Picasso, Simone de Beauvoir, Jean Paul Sartre e Hemingway. Se sentar no terraço de um desses cafés com um livro, óculos escuros e ficar observando as pessoas passarem é vivenciar a Paris à flor da pele.

Jardim de Luxemburgo

Depois de tomar um chá da tarde em um café tradicional parisiense, hora de passear no Jardim de Luxemburgo. É neste lindo e enorme jardim que fica o Senado. Antigamente ele era casa da Rainha Médicis. Nos dias de sol, os parisienses adoram se sentar nas cadeirinhas verdes espalhadas pelo jardim para ler um livro.

Na saída do jardim próxima à Boulevard Saint-Michel é possível dar uma espiadinha no gigantesco Panthéon, onde ficam as sepulturas de várias personalidades históricas como Rousseau, Voltaire, Alexandre Dumas, Pierre e Marie Curie.

Catedral de Notre-Dame

Notre-Dame

De volta à Boulevard Saint-Germain, você pode jantar em um restaurante da Place de l’Odéon, cheia de cafés e bistrôs sofisticados. Termine o dia dando um passeio até a Catedral de Notre-Dame. Veja aqui outras ideias de passeio no Quartier Latin.

Vocês está lendo: o que fazer em 5 dias em Paris

QUARTO DIA

Haut Marais

5 DIAS EM PARIS. Comece o dia visitando a parte alta do Marais, conhecida em Paris como Haut Marais. Esse bairro de Paris é super descolado, cheio de galerias de arte, brechós, cafés hipsters, concept-stores, grafites e livrarias alternativas.

Você pode comer o famoso sanduíche do Alain Miam Miam, considerado como uma das melhores comidas de rua da Europa, no Marché des Enfants Rouges.

Também dá para procurar livros de arte na descoladinha livraria OFR (20, Rue Dupetit-Thouars), tomar um café e comprar souvenires diferentes na concept-store Merci. Veja aqui outras ideas de passeio para fazer no Haut Marais e assista o vídeo abaixo para conhecer o bairro.

Marais

Mais abaixo do Haut Marais fica o próprio Marais. Essa área é conhecida principalmente pela Place des Vosges, a praça mais antiga de Paris, inaugurada em 1612. A praça totalmente simétrica é contornada por prédios de tijolo com janelões brancos. O escritor Victor Hugo morou no número 6 da Place des Vosges. É possível visitar a casa. Embaixo dos prédios ficam galerias de arte e cafés como o famoso Carette que vende deliciosos macarons.

O Marais é um bairro judeu. Na Rue des Rosiers e arredores você encontra padarias e livrarias judaicas. Tem também o famoso L’As du Falafel (34 Rue des Rosiers), restaurante que vende falafel no pão pita com legumes e houmous — uma delícia e uma ótima opção de comida baratinha em Paris. Nesse mesmo bairro você também encontra lojas de grife como Guerlain, Chanel e lojas refinadas mas um pouco mais baratas como Maje, Sandro et Claudie Pierlot que as parisienses adoram.

Termine o dia visitando o museu de arte moderna e contemporânea Centre Georges Pompidou. Lá estão expostas obras do Kandinsky, Otto Dix, Henri Matisse e Frida Kahlo. A entrada custa € 14 e também dá acesso ao terraço de onde se tem a vista perfeita de Paris para assistir o pôr do sol. Assista o vídeo abaixo para conferir um passeio completo pelo Marais.

QUINTO DIA

Versalhes

Versalhes

5 DIAS EM PARIS. No último dia, vale se despedir de toda a suntuosidade de Paris indo até o Castelo de Versalhes. É possível chegar lá com a linha C do RER, trem metropolitano da região parisiense que atravessa o centro da capital. O castelo foi residência oficial dos reis da França por muitos anos. Na sua visita você conhece os cômodos suntuosos, incluindo os aposentos do rei e da rainha e a linda Galerie de Glaces.

Leve o tempo que precisar para explorar todo o domínio de Versalhes, principalmente seus lindos jardins com suas fontes suntuosas e bosques. Um dos lugares mais charmosos de todo o território é o Petit Trianon, casa charmosa e mais intimista onde a Maria Antonieta se refugiava para evitar todas as formalidades da corte. O Grand Trianon, logo ao lado, também é maravilhoso com o seu chão xadrez e suas colunas imponentes de mármore rosa.

A melhor maneira de conhecer os jardins, o Petit e o Grand Trianon é alugando um carrinho de golfe. O aluguel do carrinho que acomoda quatro pessoas custa € 34 por hora. Ao retirar o carrinho de golfe, você recebe um mapa com o percurso a fazer, passando pelos principais pontos do jardim. Durante o trajeto, música clássica e curiosidades tocam ao fundo.

O ingresso para acessar o castelo e seus jardins custa € 20.

Se planeja almoçar por ali, recomendo o restaurante Ore do Alain Ducasse, dentro do domínio do castelo. Os pratos principais custam entre € 24 e € 39. Outra opção é levar sanduíches prontos e fazer um piquenique no jardim.

Montmartre

Vista do terraço do Terrass' Hotel

Encerre seus 5 dias em Paris com um passeio por Montmartre. Reserve uma mesa no restaurante Terrass’ Hotel para ter uma vista deslumbrante da cidade e da Torre Eiffel, principalmente no pôr do sol.

Depois do jantar, peça na recepção do próprio hotel um mapa que indica um rota turística até chegar na Basílica de Sacré-Cœur. Durante o trajeto você vai passar por ruas charmosas do bairro boêmio, algumas escadas e a famosa Place du Tertre, onde ficam os caricaturistas e desenhistas de Montmartre. Termine a viagem visitando a Basílica e curtindo a vista de Paris a partir de suas escadarias, área em que o pessoal costuma sentar, ouvir música ao vivo e curtir a cidade.

Vocês leu: o que fazer em 5 dias em Paris

Seguir:

1 Comment

  1. Joana Boaventura
    11 de fevereiro de 2020 / 00:16

    Perfeito 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


À Procura de Algo?