O que fazer em Paris no inverno: 18 passeios para curtir o friozinho na Cidade Luz

No inverno, Paris – a Cidade Luz, se transforma na cidade das luzinhas de Natal.

Se você gosta de visitar museus, catedrais e comer comida pesada, o inverno é o período ideal para você visitar Paris. Em baixa temporada, você paga tarifas de trem mais baratas (viva aos bate-voltas!), não pega filas infinitas e de quebra tem a possibilidade de patinar no gelo, comer fondue e tomar chocolate quente sem culpa. LEIA TAMBÉM: Paris para casais: passeios para curtir a cidade do amor

Sim, o tempo é mais fresco (nos dias mais frios ele varia de 0 a 3 graus), mas a sorte é que as chuvas não são tão frequentes, ao contrário do que acontece durante a primavera.

Veja o que fazer em Paris no inverno

PATINAR NO GELO

A feira de Natal da Avenue Champs-Élysées conta com um rinque de patinação. A pista fica aberta do dia 13 de dezembro até 3 de janeiro. Entrada + equipamento sai €7 para crianças e €10 para adultos.*

*Em 2017 não haverá feira de Natal na Champs-Élysées.

Quem gosta de clichês vai amar o rinque localizado no primeiro andar da Torre Eiffel que dá para uma vista panorâmica da cidade. Para dar uma esquentada você pode tomar um chocolate quente no bar ao lado da pista.**

**Em breve mais informações sobre o evento de 2017.

ENTRAR NA CATEDRAL DE NOTRE-DAME

Cenário do clássico O Corcunda de Notre Dame, de Victor Hugo, a catedral gótica começou a ser construída em 1163 e só foi finalizada 170 anos mais tarde. A fachada é suntuosa, com suas duas torres imponentes contornadas por gárgulas, quimeras e enormes janelas. O interior é mais sombrio com seus enormes vitrais e suas capelas que se alinham ao longo da catedral.

Se tiver coragem, você pode encarar os 422 degraus da torre para ter uma linda vista da Rive Gauche no topo das torres. O ingresso custa €8,50 e €5 para quem tem de 18 a 25 anos.

Se estiver por lá na véspera de Natal passe na Catedral e confira o coral da meia-noite.

FAZER UMA VIAGEM CULINÁRIA PARA A ALSÁCIA

Para curtir uma vibe cozy, melhor ficar quentinho na brasserie Bofinger, clássica casa alsaciana que serve um delicioso chucrute coberto por presunto e salsichas (€25). Menus (entrada + prato principal + sobremesa) a partir de €31.

TOMAR UM BORDEAUX NA FRENTE DA LAREIRA

Dá para ficar quentinho mesmo estando no exterior do Hôtel Jules et Jim, que acolhe os visitantes em um terraço de vidro com uma lareira.

CURTIR A VIBE NATALINA NA DISNEYLAND PARIS

As festas natalinas já começam na Disney no dia 11 de novembro. Tudo no parque ganha um toque de espírito natalino e a iluminação da Disneyland Paris fica ainda mais bonita. Não deixe de assistir o desfile no final do dia e checar a linda decoração da Main Street.

TOMAR CHOCOLATE QUENTE NO ANGELINA

Tá para existir algo mais gostoso do que uma pausa para um chocolate quente. O melhor da cidade é servido no Angelina em versões de chocolate branco ou preto.

LEIA TAMBÉM:

SE MARAVILHAR COM A COLEÇÃO DO MUSÉE JACQUEMART-ANDRÉ

Quando estiver passeando nas lojas de departamento Boulevard Haussmann estique o passeio até a mansão de Edouard Andre e Nelie Jacquemart – grandes colecionadores do século XIX. O acervo do casal tem pinturas de Boucher, Fragonard, Rembrandt e dois Botticelli, Vierge à l’enfant e La Fuite en Egypte.

No final da visita você pode tomar um chá e comer um docinho na antiga sala de jantar do casal. O café é todo chiquetoso com mobília dourada e teto pintado pelo mestre italiano Tiepolo. LEIA TAMBÉM: Viagem para Paris: roteiro econômico da Cidade Luz

Veja o que fazer em Paris no inverno

VOLTAR NO TEMPO NO MUSÉE NATIONAL DU MOYEN-ÂGE

Quando o frio atrapalhar o seu passeio pela Boulevard Saint-Germain, faça uma parada no Musée Cluny – um museu medieval construído sobre os restos de termas romanas. Dê uma olhada na tapeçaria de quatro paredes, Lady and the Unicorn, nas cabeças dos reis de Juda da Catedral de Notre-Dame e nos outros objetos que datam da Idade Média como pentes e sapatos.

JANTAR NO LE JULES VERNE

No segundo andar da Torre Eiffel fica o restaurante do premiado chefe Ducasse, o Le Jules Verne. O jantar é reservado para grandes ocasiões e estar em Paris é uma ocasião e tanto, não é? O menu do almoço sai por volta de €105, já o jantar varia entre €190 a €290 por pessoa.

LEIA TAMBÉM: Torre Eiffel: o guia simples e prático

IR NOS MUSEUS CLÁSSICOS

Louvre, Pompidou e Orsay:  três paradas obrigatórias no seu roteiro não importa a estação do ano. Mas a dica aqui é reservar os dias mais frios para visitar esses museus.

VER OS RETRATOS DA ELISABETH VIGÉE LE BRUN NO GRAND PALAIS

Ótimo ponto de parada para quem estiver passeando nos arredores da Champs-Élysées. Elisabeth foi uma das pintoras mais renomadas do sexo feminino de seu tempo. Retratista oficial de Maria Antonieta, a pintora tem seus quadros expostos no Grand Palais até o dia 11 de janeiro.

LEIA TAMBÉM: Guia completo: 22 passeios na Champs-Élysées e seus arredores

COMER FONDUE

No hypado 11ème arrondissement você encontra o Le Chalet Savoyard, um restaurante especializado na culinária dos alpes franceses. Ótimo endereço para quem ama um fondue de quatro queijos bem cremoso (emmental, comté, beaufort e abondance) com alguns quinhões de pão fresquinhos ou batatas. O preço dos fondues variam entre €17 e €39 por pessoa.

Se estiver passeando pelo Marais, melhor ir ao Pain, vin, fromages. No menu você encontra o tradicional de quatro queijos  (€15,50) e outras variações temáticas como a fondue méridionale (€16) feita com tomate e ervas. Quem gosta de carne pode pedir a fondue bourguignonne (€17,50) que vem com pedacinhos de carne e uma variedade de molhos. Para a sobremesa experimente o delicioso cheesecake de frutas vermelhas (€6,50) ou o fondue de chocolate (€7,50).

COMER NA BRASSERIE MAIS FAMOSA DE PARIS

A sala art-déco da La Coupole, aberta em 1927, foi frequentada por grandes personalidades como Simone de Beauvoir, Albert Camus, Salvador Dalí e o casal Fitzgerald.

O restaurante não tem especialidades, eles servem de tudo – bom para agradar toda a mesa. Experimente as ostras, mariscos ou o curry de cordeiro. O menu de €31 inclui entrada, prato principal e sobremesa.

VER AS LUZES E DECORAÇÕES DE NATAL

Todo ano as grandes lojas de departamento de Paris enfeitam suas fachadas e vitrines com milhares de luzinhas e decorações temáticas. Não deixe de passar na frente da Galeries Lafayette e da Printemps – uma fica ao lado da outra na Boulevard Haussmann.

As ruas parisienses também são super decoradas, são 130 ruas iluminadas no total. Não deixe de checar as luzinhas da Place Vendôme, Rue Rivoli (entre as ruas Sainte Opporturne e Perrault), Grands Boulevards, Rue des Archives e Rue Saint Paul – no Marais, Rue des Rennes, Boulevard Saint-Germain e as suntuosas Avenue Montaigne e Champs-Élysées, claro.

RETOMAR AS ENERGIAS EM UM BISTRÔ GASTRONÔMICO

O Caillebotte (8 Rue Hippolyte Lebas) é hiper frequentado por blogueiros que buscam o shot perfeito dos lindos pratos coloridos, como o atum Saint-Gilles com ervilhas à menta, servidos na sala rústica escandinava do bistrô. Os menus saem a partir de €19 na hora do almoço e €35 na janta.

IR NAS FEIRINHAS DE NATAL

Seguindo a tradição da região da Alsácia, Paris abre feiras de Natal em diferentes cantos da capital. São nessas feirinhas que você pode tomar um vinho quente, experimentar uma gaufre au chocolat e comprar souvenirs.

O marché de Noël mais conhecido de Paris é o da Champs-Élysées que conta com 200 quiosques ao longo da avenida, todos com um aspecto de chalé alsaciano, bem cozy! Em 2016, a feira abre no dia 11 de novembro e termina no dia 8 de janeiro.

SE ESQUENTAR NAS ESTUFAS DO JARDIN DES PLANTES

O parque onde se encontra o Musée de l’Histoire Naturelle abriga uma série de estufas temáticas: uma é sobre as florestas tropicais, outra mostra as plantas do deserto e lugares mais secos, outra inspira-se na vegetação da Nova Caledónia e a quarta dedica-se à história das plantas. O acesso gratuito, o lugar é hiper pitoresco e um ótimo abrigo da friaca.

LEIA TAMBÉM:

TOMAR UM CHÁ BEM QUENTINHO

Não estamos na Inglaterra, mas as casas de chá de parisienses não perdem nada para as inglesas. Entre um passeio e outro vale fazer uma pausa e esquentar corpo com a bebida bem quentinha e alguns docinhos. Vá ao salão todo branco e rosinha do Nina’s na chiquetosa Place Vendôme onde serve-se um chá com rosas colhidas nos jardins de Versalhes.

No Le Maurice você encontra um salão de chá com menu inspirado nas casas londrinas com sanduichinhos e pão com geleia como acompanhamento. Os hotéis Bristol, Plaza Athenée e Costes também tem espaços aberto a visitantes onde você pode tomar chás deliciosos e beliscar alguns docinhos.

Seguir:
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *