Descubra Étretat: a cidade das falésias

Descubra Étretat: a cidade das falésias
[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Os artistas Monet e Maupassant se apaixonaram por Étretat. E pode ter certeza que você também vai amar essa cidade.

[/vc_column_text][divider line_type=”No Line” custom_height=”20″][vc_column_text]A Normandia é um destino fácil para os parisienses. Par chegar lá, só é preciso duas horas de carro saindo da capital. Étretat é uma cidade da Normandia muito famosa por suas falésias maravilhosas. Vale a pena dirigir até a costa e passear pelas trilhas litorâneas que deixam qualquer um de queixo caído.

AS FALÉSIAS

As falésias mais conhecidas de Étretat são: Courtine, Manneporte, Vaudieu, Aiguille de Belval, falésia de Amont e, a minha preferida, falaise de Aval.

O mais legal é andar por essas falésias, enquanto observamos o mar e nos deparamos com igrejas e castelinhos no meio do caminho. Além da paisagem maravilhosa lá em cima, o que a gente encontra lá embaixo também é incrível. As praias de pedra são o resultado da erosão dos morros e do movimento das ondas que deixam as pedras bem redondinhas. É diferente e maravilhoso![/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][fancy-ul icon_type=”font_icon” icon=”icon-arrow-right” color=”Extra-Color-1″] LEIA TAMBÉM:

[/fancy-ul][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

Le trou à l’homme

Entre as falésias, o Trou à l’homme (literalmente: o buraco para o homem) é um lugar com uma história fantástica. Em 1792, um barco sueco foi jogado contra as falésias. Depois de 24 horas a tempestade acabou e a maré baixou, e então os habitantes de Étretat perceberam que dentro de uma gruta havia um homem, aparentemente morto. A sorte foi que, na hora que ele estava sendo levado pra uma sepultura, ele acordou. Hoje, o local é conhecido por essa história e o buraco dá acesso à praia de Jambourg, mas a passagem só é possível quando a maré está baixa.

O monumento de Nungesser e Coli

Um monumento simples que fica no alto de uma falésia homenageia dois aviadores que, ali, fizeram a decolagem para a primeira tentativa de atravessar o Atlântico em 1927. A escultura é simples, porém muito significativa. Imagina a coragem desses dois homens? Infelizmente a história não acabou bem e o avião desapareceu no meio do oceano.

Duas semanas depois dessa primeira decolagem, o aviador Charles Lindbergh conseguiu fazer a primeira travessia Nova Iorque-Paris.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

O CENTRO

As casinhas de pedra e de tijolo são um verdadeiro charme nas ruelas de Étretat. Vale a pena dar um passeio e explorar cada cantinho dessa antiga cidade de pescadores. Tudo ali é cenário perfeito para fotos do Instagram hehe[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

O velho mercado

No coração de Étretat, o charmoso mercado tem barraquinhas super charmosas que vendem produtos locais e alguns souvenirs. Vale a pena dar o passeio para conhecer um pouco da vida cotidiana da cidade e comprar muitos queijos e comidinhas deliciosas.
Endereço: place Foch, 76790, Étretat[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

OUTRAS VISITAS

Queijaria

Você está na França e mais, na Normandia. Experimentar o queijo local é um must não só pela experiência, mas pelo gosto.

A dica é visitar o Manoir de Cateuil que fica em cima das falésias e tem uma fazenda de 20 hectares muito bem cuidada por Agnès e Bernard Dherbécourt que, através de uma visita guiada, vão te mostrar o passo-a-passo da produção do queijo de cabra La Valaine, assim como do sorvete e chocolates artesanais.

As visitas guiadas (disponíveis em francês, inglês, espanhol e alemão) duram cerca de uma hora a partir da Páscoa até 11 de novembro, sendo que nos meses de julho e agosto a visita acontece de sábado, domingo, segunda, terças e quartas.

Tarifas: 7 euros / Gratuito para crianças de até 8 anos.
Endereço: Le Valaine – Route du Havre – 76790 Etretat
Email : levalaine@wanadoo.fr / Site

Cidra

Fazenda

Uma família mantém há quatro gerações essa fazenda de cidra. Vale a pena passar por ali e conhecer um pouco os modos de produção e os produtos tradicionais da região.

Eles ficam abertos das 09h às 19h de segunda a sábado. A fazenda não fica propriamente em Étretat, mas só a 10km de distância da cidade, numa pequena vila chamada Fongueusemare.

Endereço: Allée des Tilleuls,76280 Fongueusemare
Email: pasquierfong@yahoo.fr / Site

Eco-museu da Cidra

Em uma construção de tijolos que data do século XVI, o senhor e a senhora Godefroy vão te apresentar uma coleção de objetos antigos utilizados na produção da cidra. Com eles, você também vai aprender muito sobre a maçã, a cidra e ainda, na adega, você vai descobrir muito sobre as técnicas de produção desse produto artesanal. Para quem não fala francês, uma brochura em inglês será entregue no começo da visita – que dura cerca de uma hora. No final, claro, com muita água na boca, você terá o prazer de degustar os produtos da fazenda.

As visitas acontecem do dia 2 ao dia 30 de junho às 14h30, de julho a agosto todos os dias às 14h30 e às 16h30 e do dia 1 de setembro ao dia 15 de novembro às 14h30.

Tarifas: 5 euros para adultos / 4 euros (10 – 18 anos)
Endereço: Eco-Musée de la Pomme et du Cidre – 1315, route de Goderville, 76610 Bretteville du Grand (25 minutos de Étretat)
Site[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”2/3″][vc_column_text]

Le Château Les Aygues

Esse lindo castelo foi construído em 1866 e já recebeu escritores famosos como Alexandre Dumas – autor de Os Três Mosqueteiros. A propriedade já passou pelas mãos de príncipes e rainhas da Espanha. Hoje, você pode visitar o local durante o verão europeu sendo guiado pelos proprietários do castelo. Pouco chique rs

Tarifas: 8 euros /  6 euros (meia-entrada) / Gratuito para menores de 12 anos
Endereço: do centro de Étretat, siga na direção de Fécamp e depois de 400 metros a partir do centro, você encontrará o castelo.
Site[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/3″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Seguir:
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *