Dúvidas Paris: As perguntas mais frequentes

Antes de embarcar para Paris muitas perguntas passam pela nossa cabeça.

Afinal a cultura francesa é tão diferente e a França fica tão longe da nossa casa. São mais de 11 horas de voo entre São Paulo e Paris! Para te ajudar respondemos as perguntas mais frequentes de quem está preparando uma viagem para a Cidade Luz. Veja só:

DÚVIDAS PARIS: AS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

IMIGRAÇÃO E PLANEJAMENTO DA VIAGEM

Precisa de visto para viajar para a França?

Não, a entrada na França não exige visto para estadias inferiores a três meses. Mas, cheque o seu passaporte com antecedência, porque ele precisa estar com no mínimo seis meses de validade antes da data do vencimento.

Qual é a melhor época para visitar Paris?

Dúvidas Paris: A alta temporada em Paris acontece nos meses de julho e agosto, os meses mais quentes e longos do ano. Chega a anoitecer lá pelas 22h. Nessa época os preços aumentam e a cidade fica cheia de turistas. Em agosto especificamente quase não tem locais em Paris todos eles viajam durante esse mês.

A melhor época para conhecer Paris é na primavera, nos meses de abril e maio ou no outono, entre setembro e outubro. As temperaturas são mais amenas e dá para ter um gostinho da vida local, porque os lugares estão mais tranquilos.

Quem ama esquiar ou ver a neve pode ir para Paris no inverno e fazer uma esticada até os Alpes. Mas lembre-se: os dias são bem mais curtos, anoitece por volta das 17h30 e faz muito frio. Coloque na mala casacos bem quentinhos.

Aeroporto Paris: Como chegar ao centro de Paris a partir dos aeroportos Charles de Gaulle, Orly e Beauvais (e vice-versa)

TRANSPORTE

Como ir do aeroporto até o centro?

Dúvidas Paris: Nos arredores de Paris você tem três aeroportos: o principal é o Charles de Gaulle que fica a 30km de Paris e é onde chegam os aviões vindos do Brasil (operados pela AirFrance e Latam), o Orly que recebe voos domésticos e internacionais, incluindo os da companhia aérea portuguesa TAP, e o Beauvais que é o menor de todos e o mais distante do centro de Paris (1h30 de viagem) utilizado principalmente por companhias low-cost como RyanAir.

Para ver como ir do aeroporto até o centro de Paris, clique aqui.

Onde eu compro os bilhetes de metrô?

Você pode comprar diretamente com um atendente da RATP no guichê do metrô ou se dirigir às máquinas – onde você pode escolher entre francês, inglês, espanhol e italiano para efetuar sua compra. Essas máquinas (parecidas com um caixa eletrônico) aceitam cartão de crédito internacionais com chip, moedas e algumas também aceitam notas. Leia mais sobre como usar o metrô em Paris.

O metrô é perigoso?

Dúvidas Paris: O metrô parisiense não é perigoso. O maior problema que você pode ter são os pickpockets, os famosos batedores de carteira. Eles adoram roubar turistas então fique bem atento às suas malas, bolsas e carteiras quando estiver na plataforma e no vagão do metrô.

Que horas o metrô para de funcionar?

Isso depende muito da estação em que você está. No centro da cidade, a maioria dos metrôs fazem sua última passagem entre 00h45 e 01h. Em regiões mais afastadas, do 12ème ao 20ème arrondissement, o último metrô passa entre 00h30 e 01:15.

Às sextas e sábados os metrôs operam até mais tarde, por volta da 1h30, 2h. Mas se você quer aproveitar o resto da noite e ainda economizar no táxi você pode pegar os ônibus noturnos. Para mais informações sobre o transporte público em Paris consulte o site da RATP.

Qual é o melhor meio de transporte para se locomover no interior da França?

São dois: trem e carro. As autoestradas na França são muito boas. Elas contam com área para descanso, postos com lojas de conveniência e são extramamente seguras. Se estiver viajando em família com certeza essa é a melhor opção. Mas se não estiver viajando pela Bretanha, onde não há pedágios, prepare-se para pagar bastante. Para conferir o preço total da viagem trace seu itinerário no Mappy. Em tempo: dá para evitar muitos pedágios se você optar pelas estradas nacionais que são bem menos lotadas e com paisagens bem mais bonitas.

A França tem uma das melhores redes de transporte ferroviário do mundo. Com os trens de alta-velocidade, chamados TGV, você consegue ir para Rennes, capital da Bretanha, em apenas 1h30. Dá também para ir de Paris para Bordeaux em pouco mais de duas horas. Se você estiver viajando em um número menor de pessoas e com pouca bagagem essa com certeza é a opção mais prática. Para mais informações sobre viagem de trem vá no site da SNCF.

LEIA TAMBÉM: Guia completo para viajar de trem na França

Posso dirigir com a minha carteira de motorista brasileira?

Sim. Se a sua estadia for inferior a um ano você não precisa de carteira de habilitação internacional para alugar um carro e dirigir pela França, a CNH já basta.

Dúvidas Paris

CLIMA

Como é o clima em Paris?

Em março começa a primavera em Paris, pouco a pouco, o clima começa a esquentar e a temperatura varia entre 10°C e 23°C, dá para andar tranquilamente com uma parca, um suéter levinho e uma calça jeans. Com o verão se aproximando, as camadas das roupas vão sendo eliminadas progressivamente, no começo de junho começa a ficar bem calor e as temperaturas variam entre 20°C e 25°C, dias em que uma jaqueta jeans é o suficiente para te deixar quente. Em tempo: nessa época pode acontecer as ondas de calor, quando os termômetros sobem até uns 32°C por alguns dias.

A partir de julho Paris fica mais quente, tem verões em que a temperatura chega à faixa dos 30°C, mas normalmente ela varia entre 23°C e 28°C de julho a setembro. Nessa época do ano, não deixe de levar um guarda-chuva na bolsa, porque costuma chover bastante – as chuvas não duram muito tempo, mas podem ser bem fortes.

No final de setembro, com a chegada do outono, o clima começa a ficar mais ameno e as temperaturas começam a descer, variando entre 21°C e 16°C – hora de colocar a parca de novo!

Em novembro o termômetro já está nos 12°C. Na chegada do inverno em dezembro, o vento aumenta, as temperaturas podem variar de 10°C a 3°C, e daí ela só vai descendo, podendo chegar a 0°C em janeiro e fevereiro. A friaca dura até final de fevereiro, depois, progressivamente, os casacos pesados dão lugar aos mais levinhos.

PASSEIOS

Vale a pena comprar um Museum Pass?

O Paris Museum Pass de dois dias custa €48 e te dá acesso ilimitado e sem fila a 50 museus e monumentos da capital, como o Museu do Louvre, as torres da Catedral de Notre-Dame e o Arco do Triunfo. Você também encontra passes para quatro (€62) e seis dias (€74). Se você ama arte e planeja visitar muitos museus e monumentos durante a sua estadia, o passe é uma ótima opção. O detalhe é: ele só vale a pena financeiramente se você for em dois ou mais museus/monumentos por dia. Compre o passe aqui e retire no Office de Tourisme de Paris (25, Rue des Pyramides).

Qual é a melhor maneira de se locomover em Paris?

Dúvidas Paris: Com certeza andando. Mesmo sendo a segunda maior cidade da Europa, Paris foi feita para quem gosta de andar, ou melhor, flâner – expressão francesa para passear enquanto contempla-se a paisagem ao seu redor.

Dá para ir da Basílica de Sacré-Coeur até o Opéra de Paris em trinta minutos, você também pode andar facilmente da Boulevard Saint Germain até a Catedral de Notre Dame chegando até o descolado bairro Marrais. E em trinta minutinhos você também pode ir da Torre Eiffel até o Museu D’Orsay. Ao longo de todos esses caminhos você vai descobrindo cafés, butiques, prédios lindos e ruazinhas especiais que você não conheceria se pegasse o metrô toda hora.

Vale a pena conhecer Paris navegando pelo Rio Sena?

Navegar pelo Sena é uma boa opção para quem quer dar uma pausa na caminhada e conferir de um outro ângulo as atrações nas margens do Rio como o Museu do Louvre, a Catedral de Notre Dame e a Torre Eiffel. O batobus é uma ótima opção para isso. Ele não tem guia e você pode usá-lo quantas vezes quiser ao longo do dia, o ingresso para 24 horas custa €17. Se você quer experimentar os famosos e mais tradicionais Bateaux Mouches, recomendamos o Vedette de Pont Neuf(€14). Para um jantar à bordo recomendamos o Capitaine Fracasse (a partir de €55) ou Paris en Scène (a partir de €39) que serve ótimos jantares com entrada, prato principal e sobremesa. Em tempo: as bebidas não estão inclusas nas tarifas acima.

O que é Rive Gauche e Rive Droite?

A Rive Gauche é o lado sul do Rio Sena e a Rive Droite é o lado norte. A Torre Eiffel, o Jardim de Luxemburgo, a Sorbonne e os Invalides ficam na Rive Gauche, região que abriga a representação de Paris mais conhecida pelos turistas. Já a Rive Droite concentra o bairro boêmio Montmartre e grande parte dos bairros onde moram os típicos parisienses de classe média.

Para saber em qual rive você está, vá em uma ponte que atravesse o Rio Sena e observe aonde a água está indo. O que estará do seu lado direito é Rive Droite e do seu lado esquerdo Rive Gauche.

Quais são os melhores lugares para fazer compras?

Se você estiver procurando por butiques únicas de designers mais diferentes vá no Marais, na região de Abbesses ou ao longo do Canal Saint Martin. Lojas de alta-costura ficam principalmente na Faubourg Saint Antoine e na Avenue Montaigne. Quem quiser comprar em lojas de rede pode ir na Rue de Rivoli, onde você encontra Zara, H&M, Sephora, Bershka e outras. Você também encontra essas lojas maiores no centro comercial Les Halles que fica no 1er arrondissement,  e no da Place d’Italie, um pouco mais afastado do centro de Paris.

Dúvidas Paris: Se estiver a procura de lojas de departamento vá na BHV Marais, na Galeries Lafayette, na Printemps e no Le Bon Marché.

Quais são os possíveis bate-voltas a partir de Paris?

Dúvidas Paris: Se você já foi para Versalhes, é hora de conhecer outros castelos. Dê uma esticada até o castelo de Vaux-le-Vicomte, de Fontainebleau – antiga base da realeza francesa ou até o Castelo de Chantilly que conta com a segunda maior coleção de arte antiga no mundo.

Na primavera não deixe de ir a Giverny para conferir a casa e os lindos jardins do pintor Claude Monet. Vale também visitar as caves de champagne em Reims – cidade Patrimônio Mundial da UNESCO, e Chartres, onde você tem a belíssima catedral honônima.

SEGURANÇA

Paris é uma cidade segura?

Dúvidas Paris: A criminalidade em Paris é bem baixa e crimes mais violentos são bem raros. Mesmo assim sempre fique atento ao seu redor, já que batedores de carteira sempre estão de olhos nos turistas principalmente onde há aglomerações.

Dúvidas Paris/ Onde comer em Paris: Le Meurice

RESTAURANTES

Preciso sempre fazer reserva?

Dúvidas Paris: Os restaurantes mais chiquetosos, na maior parte das vezes, exigem reserva. Se for um restaurante badalado é capaz que você tenha que fazer a reserva com semanas ou até mesmo meses de antecedência.

Que horas os restaurantes abrem?

Na França você vai encontrar diferentes tipos de restaurantes. Você tem as brasseries, que são cafés-restaurante abertos geralmente das 07h até as 20h-23h. As brasseries servem pratos quentes o dia todo.

Os bistrôs/restaurantes abrem na hora do almoço e do jantar. Em tempo: alguns restaurantes fecham aos domingos, mas não se preocupe porque você sempre vai encontrar um ou outro aberto.

COMUNICAÇÃO

Os franceses são grossos?

Dúvidas Paris: O que você ver em Paris não acontece em toda a França. Os parisienses tem fama de estressadinhos até entre os franceses provincianos. Mas tenho que dizer: foram poucas as vezes que foram grossos comigo na capital e não houve nenhum momento em que foram mal educados comigo no interior da França.

O parisiense é mais fechado sim, é difícil alguém puxar papo com você no metrô ou no ônibus. Mas o que o parisiense não gosta é a falta de esforço de alguns turistas que já chegam em um lugar falando em inglês. Por isso, tente ao máximo conhecer um pouco da língua francesa. E se não der, apenas pergunte educadamente “Parlez-vous anglais?” (Você fala inglês?) antes de já começar a falar em inglês.

Tem mais alguma dúvida? Pergunta para a gente nos comentários!

Seguir:

5 Comentários

  1. Jéssica
    22 de agosto de 2017 / 19:13

    Oi Gi!
    Me surgiu a dúvida sobre o passaporte quando vc diz que precisa estar com validade de no mínimo seis meses. No meu caso, tirei meu passaporte em julho e embarco pra Paris em dezembro, terei cinco meses de passaporte emitido. Será que terei problemas quanto a isso?

    • 22 de agosto de 2017 / 19:31

      Oi Jéssica, você não vai ter problema nenhum. Não são seis meses a partir da data de emissão, mas até seis meses antes da data de validade. Quando falamos sobre a validade de seis meses significa que você
      só pode entrar na França se o seu passaporte ainda tiver seis meses a vencer a validade, no mínimo. Ou seja, se o seu passaporte vencesse em março de 2018 você não conseguiria entrar na França, porque de dezembro até março não dá seis meses.

  2. Katthi
    25 de agosto de 2017 / 22:12

    Adorei as informações.
    É possível me comunicar em espanhol em Paris? Pretendo aprender também o básico da língua francesa…

    • 28 de agosto de 2017 / 10:39

      Oi Katthi!
      Espanhol é um pouco mais raro que inglês, mas é a segunda língua que se aprende nas escolas francesas. Quando for conversar com alguém, não se esqueça de perguntar em francês se a pessoa fala espanhol “Parlez-vous espagnol ?”
      Acho ótimo você aprender o básico da língua francesa antes de ir, vai te ajudar bastante.
      Beijocas!

  3. Thais
    30 de agosto de 2017 / 21:23

    Por favor, Qual é a cidade francesa mais perto da Espanha e que tenía entre 40 a 100 mil habitantes e que seja boa para viver?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *