A lista completa dos cenários de Emily em Paris

Cenários de Emily em Paris

CENÁRIOS DE EMILY EM PARIS Emily em Paris é a nova série de sucesso da Netflix. A atriz Lilly Collins interpreta Emily, uma americana que se muda à trabalho para Paris. Ao longo dos 10 episódios da primeira temporada, Emily te faz descobrir a Cidade Luz: desde os pontos turísticos clichês que a gente ama até achadinhos em bairros mais locais. Descubra aqui a localização real dos cenários de Emily em Paris.

*ESTE POST CONTÉM SPOILERS DA SÉRIE EMILY EM PARIS!*

LEIA TAMBÉM: Livros sobre Paris para se sentir na capital francesa
Cenários de filmes e séries em Paris

LISTA DOS CENÁRIOS DE EMILY EM PARIS

Place de l’Estrapade: Apartamento da Emily, restaurante do Gabriel, padaria e café das amigas

É nessa pracinha charmosa com uma fonte, árvores e até uma livraria portuguesa e brasileira, que Emily mora em Paris. A Place de l’Estrapade fica no Quartier Latin, 5ème arrondissement de Paris. A Boulangerie Moderne, padaria onde ela compra o seu primeiro pain au chocolat fica logo ali na 16 Rue des Fossés Saint-Jacques. O restaurante onde o Gabriel é chef também fica ali ao lado. Na série o nome do local é Les Deux Compères, mas na vida real esse restaurante é italiano, se chama Terra Nera e fica na 18 Rue des Fossés Saint-Jacques, em frente ao prédio da Emily (1, Place de l’Estrapade). O Café de la Nouvelle Mairie, ponto de encontro entre Camille, Mindy e Emily também fica na mesma praça (69, Rue des Fossés).

Panthéon: A ligação do fim de namoro

Panthéon: Emily em Paris

A Place de l’Estrapade, onde mora a Emily, é uma praça tranquila que fica ao lado do Panthéon. Então tem muitas cenas da Emily passando por ali. É na frente do monumento que a Emily fica falando no telefone com o namorado de Chicago e eles terminam o relacionamento. O Panthéon guarda a sepultura de personalidades históricas como Simone de Beauvoir, Victor Hugo, Voltaire e Rousseau. Veja aqui passeios no Quartier Latin para incluir no seu roteiro.

Place de Valois e Bistrot Valois: O escritório da Savoir e o spot de almoço dos colegas

Emily em Paris: Escritório da Savoir

O escritório onde a Emily trabalha fica do lado de uma galeria chamada Galerie Patrick Fourtin na 6, Place de Valois. O bistrô onde os colegas de trabalho dela almoçam fica em frente ao escritório e se chama Bistrot Valois, uma excelente opção de almoço em uma praça calma no coração de Paris.

Palais Royal e Restaurant Grand Véfour: O ponto de encontro de Emily e Mindy e o restaurante mais concorrido de Paris

Emily em Paris: Palais Royal

O escritório da Emily fica a poucos minutos de caminhada do Palais Royal. É lá que ela encontra. a Mindy. O Palais Royal tem um jardim lindo com árvores, banquinhos e uma fonte. Ele é cercado por uma galeria com lojas de antiguidades, brechós de luxo, cafés e restaurantes chiques. Um deles é o Grand Véfour, restaurante estrelado megassofisticado. Em um dos episódios a Emily tenta jantar no local com os colegas de trabalho.

Pont des Arts: O spot para resolver problemas com a Sylvie e ligar para o namorado

Emily em Paris: Pont des Arts

A Pont des Arts, ao lado do Louvre, é a ponte em que Emily conversa com o namorado dela por telefone. A vista do Rio Sena e de Paris iluminada faze a Emily sonhar com uma estadia romântica em Paris junto com o seu namorado americano. A Pont des Arts é conhecida por ser a ponte dos casais apaixonados. Antes, como tradição, os casais que viajavam para Paris, colocavam um cadeado na ponte como prova de amor. Mas com o tempo, a ponte ficou tão pesada por causa dos cadeados, que a sua estrutura ficou abalada. Para protegê-la acabaram proibindo os cadeados por ali.

Em um outro momento da série, a Emily atravessa a ponte com a Sylvie, sua chefe. Elas param para conversar no meio da ponte para tentar achar uma solução para o desfile de Pierre Cadault.

Feira da Place Monge: “Paris é para cheese lovers!”

Emily em Paris: Place Monge

No segundo episódio, mostra rapidinho a Emily fazendo compras na feira. Essa feira acontece às quartas, sextas e domingos na Place Monge, no 5ème arrondissement perto da casa da Emily. Em frente a feira tem a Parapharmacie Monge, uma farmácia que vende vários cosméticos franceses em promoção. Tem La Roche-Posay, Bioderma, Vichy, Avène e mil e outras marcas que a gente ama. Leia mais sobre a Parapharmacie Monge aqui.

Le Flore en l’Île: O café para descansar depois do primeiro dia de trabalho

Emily em Paris: Flore en Île

No primeiro episódio, no final do expediente, Emily vai tomar um café na Île Saint-Louis a poucos passos da Catedral de Notre-Dame, o restaurante chama Le Flore en l’Île e serve um dos sorvetes mais gostosos de Paris, da marca Berthillon. Sente nas cadeirinhas lá fora para apreciar a vista das margens do Rio Sena e degustar um delicioso gelato.

Jardim de Luxemburgo: O lugar perfeito para uma corrida

Emily em Paris: Jardim de Luxemburgo

A Emily mora a pouco minutos a pé do Jardim de Luxemburgo, um enorme jardim à francesa com fontes, flores, arbustos, árvores, cafés, uma linda fonte chamada Fontaine de Médicis e um prédio maravilhoso, onde fica o Senado. Como muitos parisienses do bairro, Emily vai lá para correr. Uma volta completa no perímetro do jardim dá mais ou menos 2 km. Se correr não é a sua praia, vale a pena visitar o Jardim de Luxemburgo mesmo assim. Ele é simplesmente maravilhoso, os parisienses adoram passar as tardes ensolaradas por ali, lendo um livro embaixo de uma árvore.

Café de l’Homme no Trocadéro: A vista mais linda da Torre Eiffel

Emily em Paris: Trocadéro

O evento da Gilbert Groupe no segundo episódio acontece no Café de l’Homme, um restaurante sofisticado no Trocadéro, melhor ponto de vista para ver a Torre Eiffel. Apesar da localização privilegiada, uma refeição no Café de l’Homme não sai absolutamente cara como sairia no Grand Véfour (restaurante chiquérrimo do Palais Royal que aparece na série). Os pratos principais custam entre 19 € e 28 €. Veja aqui o que fazer perto da Torre Eiffel.

Opéra de Paris: Onde Emily vai assistir O Lago dos Cisnes

Emily em Paris: Opéra Garnier

O balé do Lago dos Cisnes que a Emily vai com o Thomas acontece no Opéra Garnier, sala de espetáculo suntuosa em Paris que até inspirou o Teatro Municipal de São Paulo. O hall do palácio é maravilhoso todo dourado e em mámore com estátuas e pinturas no teto. A sala de espetáculo em si também é magnífica com um teto pintado por Chagall, poltronas e cortinas vermelhas e um lindo chandelier. Mesmo que você não possa assistir um concerto ou um balé, você pode visitar o local durante o dia. A visita guiada dura 1h20 e custa 17 €.

Pont Alexandre III: Cenário do comercial de perfume

Pont Alexandre III

A Pont Alexandre III passa sobre o Rio Sena e é uma das pontes mais bonitas de Paris. Inaugurada em 1900, sua construção foi um símbolo da amizade entre os russos e franceses. Ela é bem larga, e suntuosa, decorada com postes de luz e esculturas. No meio, você tem uma vista para a Torre Eiffel deslumbrante.

A ponte já apareceu em muitos outros filmes e seriados, um deles, por exemplo, é o clássico Meia-Noite em Paris. Em Emily em Paris, a Pont Alexandre III aparece na cena da gravação do comercial de perfume. Durante a filmagem, Emily e seus colegas de trabalho, vão embaixo da ponte para tomar um café no Bistrot Alexandre III — um barco atracado no Rio Sena com mesinhas e cadeiras na margem.

Hôtel d’Evreux: Evento de influencers chiquérrimo

Hotel d'Evreux

O Hôtel d’Evreux, onde acontece o evento para influencers, é um prédio chiquérrimo com 6 salas para alugar e fazer eventos. Ele fica na Place Vendôme, praça conhecida por ser *O* endereço das joalherias e hotéis de luxo em Paris. A Place Vendôme fica pertinho do Jardim das Tulherias, Louvre e Opéra Garnier. Leia o nosso post sobre hotéis de luxo em Paris.

Canal Saint-Martin: Uma soirée bem parisiense

Emily em Paris: Canal Saint-Martin

Quando a Emily sai com o Thomas, Gabriel e Camille eles vão ali no Canal Saint-Martin um lugar muito frequentado pelos parisienses, nada turístico. Os locais adoram ficar sentados na beira do canal à noite tomando um vinho com os amigos. Os arredores do Canal Saint-Martin tem várias galerias, lojas, bares e restaurantes descolados. Os que eles vão é uma creperia chamada Lulu La Nantaise (67, Rue de Lancry).

Atelier des Lumières: A exposição do Van Gogh

Atelier des Lumières

Camille, Emily e Gabriel vão juntos no Atelier des Lumières conferir a exposição do Van Gogh. Como você pode ver na série, o Atelier des Lumières faz exposições diferenciadas. Trata-se de experiência de imersão com imagem e som. As obras do artista homenageado são projetadas nas paredes, chão e teto de um enorme salão e se movimentam ao ritmo de uma trilha sonora. Entre os pintores homenagados já teve Van Gogh, Klimt, Monet, Renoir e Chagall.

La Maison Rose e Place Dalida

Emily em Paris: Montmartre (Place Dalida, Maison Rose e Rue de l'Abreuvoir

O La Maison Rose é um restaurante que ficou conhecido por ser extremamente instagramável. A casa rosa fica em um cantinho mais tranquilo de Montmartre. Mindy e Emily vão lá jantar e bater papo. Depois, elas descem a rua do restaurante que é uma das mais bonitas de Paris. Essa rua se chama Rue de l’Abreuvoir e é toda de paralelepípedo, com prédios boêmios cobertos por plantas e a Sacré Cœur no fundo. A rua termina na Place Dalida, onde Emily fotografa a campanha para o colchão.

Café de Flore: O café do encontro entre Emily e Thomas

Café de Flore

O Café de Flore é um dos cafés mais conhecidos de Paris. Ele fica na Boulevard Saint-Germain, no Quartier Latin. O chocolate quente da casa é uma delícia. Ele é mais frequentado por turistas, não por muitos parisienses. O pessoal adora sentar nas mesinhas ali fora para ver as pessoas passando e o movimento na avenida. Como é mencionado na série, o Café de Flore era frequentado por Sartre, Simone de Beauvoir e outras personalidades históricas. Foi lá que Emily conheceu o Thomas.

Musée des Arts Forains: A festa da Savoir

Musée des Arts Forains

No sétimo episódio, a Savoir faz uma festa chiquérrima no Musée des Arts Forains, em Bercy (bairro de Paris). Esse museu expõe objetos de feiras de diversões e tem uma vibe super vintage e divertida com carrosséis antigos, bonecos e objetos curiosos, meio fantasmagóricos.  Para visitar, a reserva no site é obrigatória. Você também pode alugar uma das salas para fazer uma festa 😉

Plaza Athénée: Suite Haute Couture Eiffel

Plaza Athenée

Na série, é no Plaza Athénée, hotel de luxo famoso na Avenue Montaigne em Paris, que se hospeda a atriz americana Brooklyn Clark. Ela fica na prestigiada Suite Haute Couture Eiffel, um dos quartos do hotel com uma vista deslumbrante para a Torre. A suíte tem 130 m² , banheiro todo em mármore e amenities da Guerlain.

Monnaie de Paris

Monnaie de Paris

O desfile icônico de Pierre Cadault durante a Fashion Week acontece na Monnaie de Paris, a casa da moeda na capital francesa. Continue a ler este post para descobrir outros cenários de Emily em Paris.

Champagne: A casa da família da Camille

Emily em Paris: Champagne

Emily passa um final de semana com Camille e Gabriel em Champagne. A região dos espumantes fica cerca de 1h30 de carro de Paris (ou 45 minutos de trem). Eles ficam no Château de la Lisse, casa da família de Camille. Mas na vida real o château que mostram na série fica em Loire e se chama Château de Sonnay.

Assista os nossos vídeos sobre o Vale do Loire:

 

PRETENDE CONHECER OS CENÁRIOS DE EMILY EM PARIS PESSOALMENTE?
ME CONTA NOS COMENTÁRIOS!

 

 

 

Seguir:

2 Comentários

  1. 27 de outubro de 2020 / 23:21

    Demais Gigi!! Já quero voltar pra Paris e visitar todos esses lugares 💫

    • 28 de outubro de 2020 / 05:51

      Siiim hehehe Torcendo para você conseguir voltar logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


À Procura de Algo?