8 bate-voltas a partir de Paris para fazer de trem

Bate-volta a partir de Paris

A França não é só Paris. Tem muitos lugares incríveis para você visitar no França, inclusive destinos pertinhos da capital, acessíveis de trem ou de carro. Se você quer ir além do centrão da capital francesa, tenho 8 ideias incríveis de bate-voltas a partir de Paris. Você pode ir e voltar no mesmo dia sem estresse ou correria.

LEIA TAMBÉM: Cidades perto de Paris para ir de trem e passar de 2 a 3 dias
Dicas essenciais para viajar de trem na França

Veja abaixo as minhas sugestões de bate-voltas a partir de Paris:

Reims

Bate-volta a partir de Paris: Reims

Reims é a capital da região de Champagne, sim a região dos espumantes franceses. Muitas maisons de champagne tem suas sedes no centro da cidade, como a Veuve Clicquot e a G.H. Mumm (forncedora das garrafas que dão banho nos campeões da Fórmula 1). Nas sedes você tem visitas guiadas com direito à degustação. Se estiver de carro aproveite para desbravar a Rota do Champagne rumo à Epernay. A estrada, preenchida por vinhedos, tem vinícolas de todos os tamanhos. Chegando em Epernay, você pode visitar a sede da famosa maison de champagne Moët & Chandon. É possível fazer um tour guiado na região com transporte incluso desde Paris, visita e degustação em uma propriedade privada de champanhe, mais informações aqui.

Mas Reims não é só a capital do champagne, ela também é a cidade dos reis. Na maravilhosa Catedral Notre-Dame de Reims — cartão postal da cidade, aconteceu a coroação de 31 reis da França, incluindo o rei Luís 14, coroado ali em 1654.

COMO CHEGAR: O trem de alta-velocidade (TGV) sai da estação Paris-Est, na capital, e te leva a Reims em apenas 45 minutos de viagem. Tem passagens a partir de 15 €.

Bate-voltas a partir de Paris:
Castelo de Fontainebleau

Bate-volta a partir de Paris: Fontainebleau

Outro passeio gostoso para fazer a partir de Paris é o Castelo de Fontainebleau, a mais ou menos 1 hora de Paris. Fontainebleau é um dos maiores castelos da França e foi base da realeza francesa por sete séculos, da Idade Média até o século 19. Napoleão, o imperador, também morou em Fontainebleau. Aliás, foi ali, na sua residência principal, que ele assinou a sua abdicação.  Considerado como Patrimônio Mundial pela UNESCO, o palácio tem 1530 salas suntuosamente decoradas com obras renascentistas. Os aposentos reais são cercados por 130 hectares de jardins e parques. Ali tem um lago, no qual você pode navegar com um barquinho disponível para aluguel. Para evitar filas, compre aqui a sua entrada para o Castelo de Fontainebleau.

COMO CHEGAR: Pegue um trem na Gare de Lyon com destino a Monterau/Montargis/Laroche-Migennes, com parada na estação Fontainebleau-Avon. Verifique nas telas da plataforma se o trem realmente vai parar nessa estação. Depois de uns 35 minutos de viagem você desce na estação Fontainebleau-Avon. Chegando você já vai ver indicações de onde pegar o ônibus que te leva ao castelo, situado a 4km dali. A viagem completa, desde Paris, dura cerca de 1h. A passagem de trem custa cerca de 10 € e o ônibus 2 €.

Castelo de Versalhes

Castelo de Versalhes

Símbolo da realeza francesa, esse gigantesco palácio tem salas suntuosas como a maravilhosa Galerie des Glaces, toda dourada. Os jardins, obra de André Le Nôtre — jardineiro do Rei Luís 14, é outra surpresa agradável na visita. É muito gostoso alugar uma bicicleta ou um carrinho de golfe para explorar os jardins e visitar o Petit Trianon, mini palácio construído especialmente para Maria Antonieta em 1774. Recomendo você passar uma tarde toda passeando pelo Castelo de Versalhes. Você pode fazer um piquenique no parque, comer um crepe na Brasserie de la Girandole,  ir no salão de chá Angelina, ou, se preferir, invista em uma refeição gastronômica no restaurante estrelado Ore, de Alain Ducasse. Todos esses lugares ficam dentro do terreno do castelo. Para evitar filas, compre o seu ingresso com antecedência aqui.

COMO CHEGAR: Pegue a linha RER C (direção Gare de Versailles Château/ Rive Gauche) e desça na estação Gare de Versailles Château Rive. O Palácio está a 10 minutos de caminhada da estação de RER. O RER é um complemento do serviço de metrô em Paris. Enquanto os metrôs servem o centro parisiense e arredores próximos, o RER vai um pouco mais longe, dando acesso à toda a região da Île-de-France.

Bate-voltas a partir de Paris:
Castelo de Chantilly

Bate-volta a partir de Paris: Chantilly

O Castelo de Chantilly é um enorme acervo de arte e história. Sua coleção de pinturas se chama Museu Condé e a o seugndo museu francês de pinturas antigas, só perdendo para o Louvre. Nas galerias você vai encontrar obras de Raphaël e Delacroix. Além das salas suntuosamente decoradas, o castelo de Chantilly tem um parque de 115 hectares com jardins à francesa, jardins ingleses e templos. O estábulo, onde ficavam os mais de 240 cavalos dos nobres, também vale a visita. Para não pegar fila, reserve o seu ingresso aqui.

COMO CHEGAR: O trem com destino ao Castelo de Chantilly sai da estação Gare du Nord, na região norte de Paris. A linha Paris-Chantilly faz a viagem em 25 minutos. Para comprar a sua passagem de trem na própria estação, vá no guichê automático de Grands Lignes, digite “Chantilly” e selecione a opção Chantilly-Gouvieux. O trecho custa cerca de 8 €. Antes de embarcar no trem não esqueça de validar o seu  bilhete nas máquinas amarelas que ficam perto da plataforma. Chegando na estação Chantilly-Gouvieux você pode caminhar 2 km pelo bosque até chegar no castelo ou pegar um ônibus da cidade que passa na frente da estação.

Disneyland Paris

Disney Paris / Disneyland Paris / EuroDisney

A gente já contou tudo o que você precisa saber antes de ir para a Disneyland Paris nesse post. O complexo europeu da Disney tem o Disneyland Park e Walt Disney Studios, sem contar as lojinhas e restaurantes da Disney Village, centrinho que liga os dois parques. No Disneyland Park você tem a incrível montanha-russa Space Mountain, que promete fortes emoções. Os pequenos vão amar a atração It’s a Small World, uma montanha encantada com música e bonecos. É na Disneyland Park que fica a montanha-russa Big Thunder Mountain e a atração dos Piratas do Caribe. No parque principal também acontece o desfile com os personagens Disney no final do dia e o show fogos de artifício à noite. Já no Walt Disney Studios tem a montanha-russa do Procurando Nemo (Crush’s Coaster), a torre Twilight Zone Tower of Terror e a montanha-russa mais rápida da EuroDisney, Rock ’n’ Roller Coaster. Compre seu ingresso para Disney (com opção de transporte incluso) aqui.

Veja aqui como comprar e valor do ingresso da Disney em Paris. Se você vai com crianças e quer curtir os dois parques com calma, recomendo você reservar um hotel perto do parque para uma noite. Então veja a nossa seleção de hotéis perto da Disneyland Paris.

COMO CHEGAR: Pegue a linha RER A com destino a Marne La Vallée-Chessy. Desça última estação, você verá o símbolo do Mickey desenhado ao lado do nome e a indicação Parcs Disneyland. A viagem dura cerca 45 minutos e a estação de trem dá acesso direto aos parques.

Bate-voltas a partir de Paris:
Jardins de Giverny e casa do Monet

Giverny: Casa e jardins do Monet

A Fondation Claude Monet abriga os jardins e a casa do pintor Monet. O impressionista morou em Giverny por 43 anos, de 1883 até sua morte em 1926. Como o pintor gostava de pintar o reflexo da luz sobre as águas, ele desviou um dos braços dos rio Epte e criou um jardim aquático na sua própria casa. A casa é um charme e a cozinha azul toda de azulejo e bem retrô é um charme. Mas o auge da visita está nos jardins e seus corredores estreitos preenchidos por plantas orientais e suas pontes japonesas que atravessam as águas pontilhadas pelas ninféias. A Fondation Monet fica aberta apenas de abril a outubro. Verifique no site as datas de abertura antes de ir. Se pretende passear nos arredores de Giverny, veja nossas dicas de destinos para conhecer na Normandia.

COMO CHEGAR: Pegue um trem em Paris na estação Gare Saint-Lazare até Vernon. A viagem dura entre 45 e 50 minutos. Você pode comprar a passagem aqui ou na estação mesmo, nos guichês automáticos entitulados Grandes Lignes. Se comprar na estação, não esqueça de validar o seu ticket nas máquinas amarelas perto das plataformas. Chegando em Vernon, siga as indicações para pegar o ônibus que te leva até Giverny. Os horários dos ônibus são coordenados com a chegada dos trens, então é provável que você não deva esperar muito. Você compra a passagem com o motorista e o trajeto dura menos de 10 minutos.

Rouen

Bate-volta a partir de Paris: Rouen

 

Rouen é uma das principais cidades da Normandia. Apesar de ter sido bem judiada durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade soube preservar uma boa parte da sua arquitetura da Idade Média. A Catedral Notre-Dame de Rouen é uma das catedrais mais altas da França. E a 3 minutos dali fica o icônico Gros Horloge, uma torre de relógio rica em ornamentos dourados, uma obra-de-arte. É possível visitar a parte interna do relógio e lá de cima ter uma vista linda da cidade. Rouen também é conhecida como a cidade em que Joana d’Arc passou seus últimos dias. A guerreira foi condenada à morte na fogueira pelos ingleses depois de ter sido acusada de praticar feitiçaria. Em Rouen é possível visitar o Historial Jeanne d’Arc, museu dedicado a história da guerreira que venceu batalhas pela França com menos de 19 anos.

COMO CHEGAR: Pegue o trem para Rouen na Gare Saint-Lazare. A viagem dura entre 1h20 e 1h40. Você pode comprar a passagem online ou nos guichês automáticos da estação (se for o caso, não esqueça de validar o ticket nas máquinas amarelas perto da plataforma). A estação de trem de Rouen já fica no centro da cidade, a 15 minutos de caminhada da Catedral Notre-Dame de Rouen.

Bate-voltas a partir de Paris:
Bruxelas

O que fazer em Paris: Comic Strip Route

E por que não ir para um outro país? Bruxelas, capital da Bélgica, está a apenas a 1h/1h30 de Paris. A gente já contou para você 5 razões para fazer um bate-volta de Paris a Bruxelas. Mas só para te dar um gostinho: lojas e workshops de chocolate, degustação de cerveja, festivais, murais de histórias em quadrinhos espalhadas pela cidade, waffles gourmands, lindas casas no estilo Art-Nouveau e uma vibe cool e despojada, isso é Bruxelas. Veja aqui todos os nossos posts com dicas de Bruxelas: Top 5 experiências que você precisa ter em Bruxelas | As melhores experiências gastronômicas de Bruxelas | Os melhores festivais de Bruxelas. Se você pretende estender a sua estadia, leia também: O que fazer em Bruxelas: Roteiro para 3 dias | Onde ficar em Bruxelas: 10 hotéis-boutique descolados

COMO CHEGAR: O trem para Bruxelas sai da Gare du Nord. A estação em que você deve descer é Bruxelles-Midi. A viagem dura entre 1h e 1h30. Chegando lá você pode caminhar 20 minutos até a Grand Place (coração da cidade) ou pegar um táxi ou tram.  Saiba mais sobre como ir de Paris a Bruxelas.

 

 

Seguir:
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


À Procura de Algo?