Quando se está em Paris grande parte da experiência envolve ver a cidade e suas luzes bem de cima.

Você pode subir no topo de muitos monumentos, como o Arco do Triunfo e a Torre Eiffel, mas nos parques, museus e rooftops você consegue ter outras vistas incríveis da cidade – com direito a todos os monumentos inclusos na paisagem e uns copinhos de champagne aqui e ali.

Mesmo quem estiver em Paris em estadias mais curtas deve tirar um tempo para ver a cidade de cima para ter uma ideia mais ampla do funcionamento da capital, seja sentado em um parque com acesso gratuito ou em um terraço chiquérrimo bebendo uma taça de champagne.

Veja onde ter as vistas mais bonitas de Paris:

Maison Blanche

Na chiquetosa Avenue Montaigne, fica o restaurante gastronômico todo branquinho com painéis de vidro em um terraço que dá de cara para a Torre Eiffel. No verão o restaurante realiza diferentes rendez-vous na área externa como aulas de ioga, noites musicais e almoços com direito a óculos de sol emprestado. Como acomodação você tem duas opções: a longa sala debaixo Baie Vitrée com telhado de vidro e uma vista para o lado oeste parisiense e o espaço mezanino com uma visão mais ampla da cidade e um bar fosforecente que muda de cor.

As vistas mais bonitas de Paris

Tour Montparnasse

A melhor vista panorâmica de Paris segundo muitos parisienses – justamente por estar na torre mais alta e moderna da cidade. No 56º andar, acessível por um rápido elevador e alguns lances de escada, você vê todos os monumentos de Paris iluminados entre a infinidade de prédiozinhos típicos. Vá no final da tarde para apreciar o pôr do sol lá de cima e ver a cidade se acender pouco a pouco. A tarifa é de €15, mas pode ser uma melhor alternativa do que subir na Torre Eiffel, já que de lá você vê a própria Torre ao invés de estar em cima dela.

As vistas mais bonitas de Paris

As vistas mais bonitas de Paris

Shangri la – La Rooftop Lounge

Com vista para a Torre Eiffel, o terraço desse hotel cinco-estrelas fica aberto para o público entre as 17h e 23h30 durante todo o verão. O terraço não é tão alto e nem muito grande – ele fica no sétimo andar e tem 100m², mas é o suficiente para ter uma vista panorâmica maravilhosa da cidade. No cardápio champagne Krug Grande Cuvée e caviar Petrossian. A conta sai em média €450 para duas pessoas nos dias comuns e €800 para dois no feriado de 12 de julho – dia em que os franceses comemoram a queda da Bastilha.

Institut du Monde Arabe

O instituto fica no coração de Paris no 5ème arrondissement em um prédio super moderno todo feito de vidros arquitetado por Jean Nouvel. O acesso ao 9º andar é gratuito e lá de cima você tem uma vista linda do centro de Paris, incluindo a Catedral de Notre-Dame, o rio Sena e a charmosa Île de la Cité. No interior você encontra uma coleção permanente sobre a arte árabe, invenção e design (€8).

As vistas mais bonitas de Paris

Parc de Belleville

No 20ème arrondissement, afastado do centro e a 108 metros acima do nível do mar fica o Parc de Belleville com vista para Paris. O lugar é ótimo para fazer um piquenique na grama com a Torre Eiffel de fundo (e sinal wi-fi!) bem longe dos turistas. Tome cuidado com os dias de alto nível de poluição, isso pode atrapalhar a vista. Se não gosta muito de lances de escada sugiro que entre pela parte de cima do parque, pela Rue Piat.

As vistas mais bonitas de Paris

Veja onde ter as vistas mais bonitas de Paris:

Hotel Terass”

Esse hotel de luxo fica em Montmartre e tem um terraço no sétimo andar com um restaurante que serve café da manhã, brunch aos domingos (€39), almoço e jantar. O cenário é um dos mais românticos de Paris em um espaço aberto ajardinado com uma vista deslumbrante para a cidade e a distante Torre Eiffel. Nos dias mais frios você pode ficar atrás das grandes janelas do restaurante interior que também oferecem uma vista panorâmica para a capital. O ambiente é chique e industrial com mesas de madeira e detalhes em cobre.

As vistas mais bonitas de Paris

As vistas mais bonitas de Paris

No topo da Catedral Notre-Dame

Difícil é chegar lá em cima: são mais de 380 degraus para chegar ao topo das torres da Catedral. Mas a vista vale a pena, você vê toda a Rive Gauche de Paris e tem uma perspectiva diferente do rio Sena com as gárgulas em primeiro plano. O ingresso custa €8,50 e €5 para quem tem de 18 a 25 anos.

Centre Georges Pompidou

No coração do Marais fica o museu de arte moderna que expõe obras de artistas como Jackson Pollock e Andy Warhol. No último andar dessa construção louca toda feita de vidro e tubos brancos gigantescos você também pode apreciar uma linda vista da cidade em um grande terraço com um espelho d’água.

As vistas mais bonitas de Paris

Hotel Raphael

Entre a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo fica o terraço do Hotel Raphael. Ali você tem uma vista panorâmica da cidade em um espaço ajardinado, com guarda-sóis, cadeiras branquinhas e almofadas vermelhas – ótima pedida para quem estiver em Paris durante o verão europeu. O almoço e jantar (com entrada + prato principal + sobremesa a €95) são servidos no terraço de maio a setembro. Você também pode simplesmente tomar bebidas refrescantes no Bar à Champagne by Lanson que serve coquetéis de frutas e rosas a €18 e taças de champagne Extra Age X.A. Brut a €25.

Parc des Buttes-Chaumont

Em um dos picos mais alto de Paris fica o romântico Parc des Buttes Chaumont com vista para toda a cidade, principalmente para a área de Montmartre. O parque tem cachoeiras, restaurante, uma ponte suspensa, um lago e diferentes espécias de pássaros e plantas, o que faz dele um ótimo lugar para um piquenique a dois.

Galeries Lafayette e Printemps

No último andar das lojas de departamento Lafayette e Printemps você encontra terraços com acesso gratuito com mesinhas e um bar para tomar um cafézinho. No topo da Lafayette você fica frente a frente com a Opéra Garnier que fica do outro lado da rua, já no terraço da Printemps você tem uma vista das fachadas típicas haussmannianas, Panteão, Torre Eiffel, Arco do Triunfo e Sacré-Coeur.

Author Giovanna

Blogueira no portal do Estadão e jornalista formada pela Sorbonne, Giovanna se mudou de vez para Paris em 2014, desde então ela percorre a Cidade Luz dia e noite com a sua Nikon pendurada no pescoço e um bloquinho de notas na bolsa.

More posts by Giovanna

Leave a Reply