Nos vinhedos do Château Smith Haut Laffite fica o complexo Caudalie, que conta com um hotel cinco-estrelas, um spa e dois restaurantes.

Onde ficar em Bordeaux: A 20 minutos de táxi da estação de trem Bordeaux – Saint Jean ficam os vinhedos do castelo Smith Haut Laffite, onde produz-se o vinho do mesmo nome desde o século 18. Na primavera e no verão europeu, os 78 hectares cultivados ficam bem verdinhos, assim como a floresta que delimita o terreno.

ONDE FICAR EM BORDEAUX:
SOURCES DE CAUDALIE

Com jeito de casa de interior refinada, o Caudalie é feito para relaxar, seja no ofurô, andando de bicicleta pelos vinhedos ou no spa com vista para a plantação.

O que fazer em Bordeaux

Onde ficar em Bordeaux

Onde ficar em Bordeaux: A mesma família proprietária do castelo abriu o spa e o hotel que recebe os seus convidados em uma estadia cinco-estrelas justificada não apenas por uma equipe incrívelmente atenciosa, mas também por todo o conforto e relaxamento que você tem na sua estada desde o começo. Chegando na suíte fui recepcionada com mimos do hotel: cesta de frutas frescas, canelés e uma garrafa de vinho da casa.

QUARTOS E SUÍTES

Onde ficar em Bordeaux: Os quarenta quartos do hotel são divididos em seis casas, cada uma delas decorada seguindo diferentes temas: a casa Le Village des Pêcheurs lembra as cabanas do Bassin d’Arcachon, já a L’Île aux Oiseaux, suíte de lua de mel decorada pela estilista Delphine Manivet, parece uma casa florestal dos contos de fada, a casa Le Comptoir des Indes tem decoração inspirada nas viagens dos grandes navegadores que trocavam os vinhos Bordeaux por produtos exóticos mundo à fora, já a Le Pigeonnier conta com uma suíte duplex, a La Bastide des Grands Crus é uma homenagem aos grandes vinhos da região, a La Grange au Bâteau relembra os rios da Aquitaine e, por fim, a La Maison du Lièvre tem jeitinho de casa do interior, com uma horta e o laguinho logo em frente.

A 1,5km do complexo Caudalie, na casa de campo do Château Le Thil, você tem mais nove quartos com diárias de €192 e duas suítes à partir de €320.

Eu fiquei na Village des Pêcheurs, mais precisamente na suíte B’abbord de 55m² e um terraço de 10m² com vista para os vinhedos, essa suíte é uma das mais caras do complexo com diária de €666. Nas paredes de madeira branca, você tem fotos e quadros com borboletas azuis penduradas em cima do sofá. A cama é branquinha com um papel de parede azul ao fundo e o banheiro conta com uma ducha e banheira, também com vista para os vinhedos e muitos amenities da marca Caudalie.

O secador, que fica guardado dentro do armário é ótimo, e as duas TVs – a da sala e a do quarto, tem canais internacionais, mas a Record, único canal em português que aparece na lista, não está disponível.

LEIA TAMBÉM: Onde ir na França: quais destinos mais combinam com seu signo?
Como arrumar a mala: As 10 dicas essenciais

Onde ficar em Bordeaux

OS RESTAURANTES

O complexo Caudalie conta com dois restaurantes comandados pelo mesmo chefe Nicolas Masse, o mais simples e descontraído, La Table du Lavoir, onde eu, seguindo as sugestões do dia, experimentei na entrada uma torna fina de carne de porco, um filé de cordeiro como prato principal e uma torta de chocolate de sobremesa (preço do menu: €38). O espaço é bem rústico com uma bomba manual de pedra no meio do restaurante, era ali que as mulheres no século XIX lavavam as roupas dos homens que trabalhavam nos vinhedos, por isso que o lugar leva o nome La Table du Lavoir, em português “A Mesa da Lavagem”.

Onde ficar em Bordeaux: O segundo restaurante, La Grand’Vigne é mais sofisticado, ele conta com duas estrelas Michelin e fica na mesma sala onde o café da manhã do hotel é servido – um espaço todo de vidro com vista para o lago do hotel. Duas vezes por mês, aos sábados, o chefe Nicolas Masse dá aulas de culinária para os hóspedes acompanhadas por um almoço por €160. Se preferir você pode trocar o curso de cozinha por um de degustação de vinhos.

Onde ficar em Bordeaux

Onde ficar em Bordeaux: Caudalie

O SPA

A melhor parte da sua estadia será sem dúvidas o spa. Ali você tem tratamentos à base de vinho e também, é claro, à base de produtos da marca Caudalie. Você pode agendar um tratamento mesmo se não estiver hospedado no hotel.

Onde ficar em Bordeaux: O espaço conta com vestiários (que tem duchas e secador de cabelo), é ali que você coloca o seu maiô e se enrola em um dos roupões branquinhos antes de ir para a sala de descanso, com suas espreguiçadeiras macias, uma piscina com água termal e uma hidromassagem, ambas com vista para os vinhedos do Château Smith Haut Laffite. Você pode ficar por ali o dia todo. Eu adorei sair do meu tratamento de rosto no andar de cima, tomar um chazinho de limão e ficar por ali, lendo uma revista sentada na espreguiçadeira. Quem quiser ir além, pode optar pelo ritual Vinothérapie, o mais barato dos rituais (€220), que dura meio-dia e inclui um tratamento do rosto, banho de vinho tinto e mel.

LEIA TAMBÉM: Como tirar fotos perfeitas na sua viagem

O CASTELO

A dois passos do hotel fica o castelo Le Château Smith Haut Laffite – foi ele que deu origem a tudo. As duas filhas da família proprietária que abriram o hotel e o spa Caudalie.

Onde ficar em Bordeaux: Durante sua estadia não deixe de visitar o castelo para conhecer o vinho que ali é produzido. Você tem visitas guiadas em grupo ou privadas e ateliês temáticos – todos oferecidos em língua francesa e inglesa.

LEIA TAMBÉM: Guia de sobrevivência: Dicas essenciais para viajar de trem na França
Como viajar melhor usando o Instagram: 5 dicas essenciais

COMO IR:

Da estação de trem Bordeaux-Saint Jean pegue um táxi por 20 minutos até o hotel, a corrida dá em torno de €35. LEIA TAMBÉM: 5 jeitos diferentes de viajar pela França

QUANDO IR:

De maio a setembro. Em maio os vinhedos já começam a ficar verdinhos e em setembro chega a tão esperada colheita, na qual você pode participar durante sua estadia.

O hotel-spa Les Sources de Caudalie é um dos melhores lugares para curtir Bordeaux e seus vinhedos. Recomendo fortemente uma estadia de dois a três dias para dar tempo de curtir muito o spa, as bicicletas, os restaurantes, a piscina, o vinho da casa, é claro, e outras atrações do complexo.

O Gigi em Paris viajou a Bordeaux com assistência do hotel Les Sources de Caudalie. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a sua experiência pessoal.

Author Giovanna

Blogueira no portal do Estadão e jornalista formada pela Sorbonne, Giovanna se mudou de vez para Paris em 2014, desde então ela percorre a Cidade Luz dia e noite com a sua Nikon pendurada no pescoço e um bloquinho de notas na bolsa.

More posts by Giovanna

Leave a Reply