Cidade da arte, da moda, da literatura, dos museus: Paris oferece de tudo para diferentes gostos e bolsos, inclusive os mais vazios.

Entre as entradas de museus mais caras e jantares chiquetosos, existem alternativas para economizar durante a sua estadia na Cidade Luz. Mas acredite, mesmo se você não precisa economizar nem um tustão, essa lista contém os musts para qualquer um que estiver em Paris.

Veja o que fazer em Paris para curtir a cidade sem gastar dinheiro:

O que fazer em Paris de graça: atividades para curtir sem gastar

TERRAÇO DA PRINTEMPS

Assim como a Galerie Lafayette, a Galerie Printemps tem um terraço aberto para o público. Vizinha da loja de departamento mais conhecida na França, a Printemps também não deixa a desejar, nem quando o assunto é compras, muito menos quando o assunto é vista panorâmica da cidade de Paris.  É só entrar ali, subir alguns lances de escada-rolante e você chegará ao topo. Lá de cima você terá uma vista única de Paris, incluindo a majestosa Torre Eiffel, Montmartre que, sem dúvidas, será o cenário perfeito para suas fotos. Além de curtir a paisagem parisiense, você pode se acomodar nas mesinhas, tomar um café e se preparar para fazer algumas comprinhas nos andares debaixo.

FAZER UM PIQUENIQUE

Tá, essa atividade incluí algumas comprinhas: queijo, vinho, baguete, macarons, etc. Mas o piquenique em si é de graça. Para fugir das multidões de turistas, evitar as pombas e ter uma experiência mais local, recomendamos um piquenique na Place des Vosges, localizada no coração do Marais.

IR AOS PARQUES

Parisienses amam parques – uma ótima alternativa para fugir daquela vida enclausulada em apartamentos muitas vezes minúsculos. Para respirar o ar puro e passar o domingo como um local, vá para o Bois de Vincennes ou para o Bois de Boulogne – os dois maiores bosques localizados nas extremidades leste e oeste de Paris.

ANDAR NA BEIRA DO RIO SENA

Se você ama andar, essa é a melhor alternativa para conhecer Paris. Comece o passeio na Pont des Arts e vá descendo até chegar em Bercy – onde você encontrará bares na beira do rio, um ótimo lugar para se refrescar e saborear um bom vinho. O caminho do Louvre até a Catedral de Notre-Dame é mais curto, mas é um passeio incrível para curtir à noite com a cidade iluminada em luzes amarelas.

VISITAR OS JARDINS PARISIENSES

O que não falta em Paris são jardins maravilhosos, com a grama bem cortadinha, as árvores podadas em quadrado e esculturas lindas em cada cantinho. O Jardin des Tuilleries nas proximidades do Louvre é uma ótima alternativa para quem quer respirar um pouco de ar puro enquanto caminha até o museu ou faz o caminho contrário até a Champs Elysées. Já o Jardin de Luxembourg é uma boa pedida para quem quer relaxar. Nos jardins da antiga casa da Rainha Médicis, você pode sentar embaixo de uma árvore ou na frente da fonte e ler um livro, observar o movimento e casualmente comer um creme de Nutella no café que fica no interior do jardim.

Já quem quer bater perna mesmo pode ir para a Promenade Plantée – um jardim suspenso que corre sobre a avenue Daumesnil; são mais de 4,7km de extensão que até 1969 eram uma estrada de ferro. Os que amam flores precisam ir ao Jardin des Plantes, um lindo jardim botânico com estufas abertas para visita.

O que fazer em Paris de graça: atividades para curtir sem gastar

RUE MOUFFETARD

Essa é a aposta certa para quem quer descobrir a culinária francesa. Não deixe de experimentar os deliciosos queijos, pães artesanais e os doces clássicos da culinária francesa vendidos nos pequenos comércios ao longo dessa rua estreitinha de paralelepípedos. Aos sábados, não deixe de conferir a feirinha local.

CINEMA AO AR LIVRE

Nas noites de julho e agosto, o Parc de la Vilette faz sessões de cinema ao ar livre seguindo o tema da temporada.O tema deste ano é Dress Code e os filmes serão exibidos a partir do dia 13 de julho até 21 de agosto.  Você pode curtir a sessão sentado na grama ou fazer um upgrade para uma espreguiçadeira bem confortável por 7 €.

CATEDRAL DE NOTRE-DAME

Must-see em Paris, a catedral mais famosa da cidade é também uma das mais antigas do país. O acesso ao interior é gratuito, mas para subir nas torres e conferir as gárgulas de pertinho você deverá pagar.

O que fazer em Paris de graça: atividades para curtir sem gastar

FÊTE DE LA MUSIQUE/ NUIT BLANCHE

As festas mais esperadas de Paris: a Fête de la Musique acontece todo dia 21 de junho – o dia mais longo do ano em que o pôr-do-sol só acontece depois das 22h30. Nesse dia a partir das 18h, os cafés, principais praças e ruas recebem músicos que ficam tocando a noite toda. Já a Nuit Blanche, é uma festa que acontece em outubro na qual cada cantinho de Paris é coberto por arte – exposições ao ar livre e tours noturnos por museus.

MUSEU DE GRAÇA

Todo primeiro domingo do mês, alguns museus como o Musée National du Moyen Âge, d’Orsay, l’Orangerie e o Centre George Pompidou são acessíveis gratuitamente. Já o Louvre, só oferece as entradas todo primeiro domingo apenas entre os meses de outubro e março. Mas atenção: o local pode lotar muito, já que muitas pessoas aproveitam o dia para visitar esses museus.

CEMITÉRIO PÈRE-LACHAISE

No 20ème arrondissement de Paris fica o Père-Lachaise. Apesar de ser um cemitério, é um lugar pitoresco, charmoso, florido na primavera, e cheio de folhas marrons e amarelas durante o outono. É ali que você encontrará Jim Morrisson, Oscar Wilde, Edith Piaf, Proust, Balzac e Allan Kardec.

Se você não é fã de subidas íngremes, não saia na estação Père-Lachaise, mas na estação Gambetta para percorrer o cemitério descendo, não subindo.

O que fazer em Paris de graça: atividades para curtir sem gastar

EXPLORAR MONTMARTRE

O bairro mais boêmio de Paris não pode passar batido no seu roteiro. Além da basílica de Sacre-Coeur, você pode dar uma espiada na fachada do Moulin Rouge, ver a casa em que o Picasso morava e visitar o Musée de la Vie Romantique – também com entrada gratuita. Além de passar pelo muro do Je t’aime, não deixe de passear pela Place du Tertre para tomar um café e observar os artistas de rua. Mas o mais legal de tudo é se perder nas ruazinhas do bairro. Para não perder nada em Montmartre, confira o nosso roteiro completo para uma tarde no local.

LE MARAIS

O bairro mais descolado é também o mais antigo antigo de Paris – um verdadeiro museu a céu aberto com construções que datam do século XVII. Além de lojas de grife super renomadas, o Marais é cheio de surpresas acessíveis ao público como a Place des Vosges – uma praça maravilhosa construída pelo rei Henri IV. Logo ali outra surpresa: a casa do autor do clássico Os Miseráveis, Victor Hugo. Reserve uma tarde para conhecer um dos lugares mais charmosos de Paris. E na hora da fome, não deixe de experimentar um delicioso hambúrguer vegetariano no Hank Burguer.

Author Giovanna

Blogueira no portal do Estadão e jornalista formada pela Sorbonne, Giovanna se mudou de vez para Paris em 2014, desde então ela percorre a Cidade Luz dia e noite com a sua Nikon pendurada no pescoço e um bloquinho de notas na bolsa.

More posts by Giovanna

Join the discussion 3 Comments

Leave a Reply