São mais de 115 mil hectares, 57 vinhos em 60 milhões de caixas por ano que fazem de Bordeaux a região vinícola mais prestigiada no mundo.

EASYSIM4U: Vai viajar para o exterior? Leve o chip pré-pago da EasySim4U que funciona em 140 países. É só fazer o pedido online que ele chega rapidinho na sua casa do Brasil. Nós, do Gigi em Paris, usamos e recomendamos.

LEIA TAMBÉM: Dicas essenciais para viajar de trem na França

Desde a era pré-romana a cidade já tinha sua importância graças ao porto, o mais antigo da França, que fez de Bordeaux um importante ponto de passagem do comércio europeu. Hoje a capital do vinho está cada vez mais em alta, tanto que o New York Times elegeu a cidade como o segundo lugar mais interessante para visitar em 2016.

É importante saber que a bebida não é a única atração de Bordeaux, além da arquitetura do centro histórico que varia entre edifícios medievais e construções majestosas da época do Rei Luís XV, você tem alguns dos restaurantes mais renomados da França, a rua Sainte-Catherine que é a maior rua de pedestres da Europa e a margem do largo Rio Garonne toda adaptada para a circulação de pedestres e ciclistas.

O QUE FAZER EM BORDEAUX:

Ideias de passeios para curtir a capital mundial do vinho

Grand Théâtre

O teatro de estilo clássico construído no século 18 foi inspiração para Garnier na construção do Opéra de Paris. Muito famoso por sua acústica, o auditório é considerado como uma das melhores e mais suntuosas casas de show do mundo. É ali, na Place de la Comédie que começa a rue Sainte-Catherine.

Rue Sainte Catherine

O que fazer em Bordeaux: Com 1,25Km de comprimento, a rua para pedestres é a maior da Europa e também a principal rua de comércios de Bordeaux. Por ali você encontra as lojas de praxe, como H&M, Zara, Sephora, Galleries Lafayette, Fnac e Apple Store.

LEIA MAIS: Onde ir na França: Descubra aqui os destinos que mais combinam com seu signo
Como juntar dinheiro para viajar mais

Como arrumar a mala: As 10 dicas essenciais

5 jeitos diferentes de viajar pela França

O que fazer em Bordeaux

O que fazer em Bordeaux

Pont de Pierre

O que fazer em Bordeaux: Construída às ordens de Napoleão Bonaparte I, a ponte de pedra de 500 metros de comprimento cruza o Rio Garonne. Ela conta com 17 arcos que representam as 17 letras do nome do imperador e é considerada uma das pontes mais bonitas da Europa.

Place du Palais

Patrimônio histórico da UNESCO, a Place du Palais é considerada o centro medieval de Bordeaux. A praça é reservada apenas para os pedestres que podem se sentar nos cafés e tomar um bom vinho local enquando observam a Porte Cailhau.

Porte Cailhau

O portal, na Place du Palais, já foi a principal porta de entrada da cidade. Ele foi construído em 1495 em comemoração à vitória do Rei Charles VIII em Fornovo, Itália no ano anterior. O monarca quis construir algo que simbolizasse a grandeza do seu poder e o resultado foi um portão super imponente com torres e esculturas góticas. Mais tarde o portão, que antes integrava os muros da cidade, foi usado como torre de defesa e depósito.

Place de la Bourse e o Miroir d’Eau

O Mirour d’Eau, de 3450m² é o maior espelho d’água do mundo. A planície de granito preto cobre a área em frente ao Palais de la Bourse e do Hôtel des Douanes que refletem na fina camada de água, o que rende um visual maravilhoso. É ali que a galera se reúne nos dias quentes de verão para se refrescar com a forte neblina de vapor liberada a cada 23 minutos, ótimo momento para fotos!

O que fazer em Bordeaux

As margens do Rio Garonne

O que fazer em Bordeaux: O charme de Bordeaux está nas margens do Rio Garonne. Nos finais de semana a passarela fica cheia de vida: barcos atracando aqui e ali, bicicletas, gente correndo e outros sentados nos banquinhos apreciando a paisagem.

Baillardran

Baillardran é uma loja especializada em canelés, um tipo de bolinho de baunilha embebido em rum com casca caramelizada, sobremesa tradicional da região de Bordeaux. A caixinha com seis canelés sai €15,60 e faz um bom souvenir.

Fontaine des Quinconces

O que fazer em Bordeaux: Na Place des Quinonces, a alguns minutos de caminhada da Place de la Bourse, fica a fonte construída como comemoração da república francesa. O monumento é extremamente detalhado, na parte de trás você tem um conjunto de esculturas que conta a história da república.

O que fazer em Bordeaux

Les Chartrons

O que fazer em Bordeaux: Este é o bairro do momento. Ele se estende desde o Jardin Public, lugar perfeito para dar aquela descansada na grama, até a margem do Rio Garonne, onde você encontra o Quai des Marques – um outlet à céu aberto, cafés, bares restaurantes, uma pista de skate e, aos domingos, a feira Marché des Quais.

O que fazer em Bordeaux

Cité du Vin

O prédio nas margens do Rio Garonne lembra uma taça de vinho. O museu da Cité du Vin é enorme e conta com exposições sensoriais e guias digitais em francês e em inglês que vão te ajudar a explorar o complexo mundo do vinho. Ali você aprende tudo sobre a  ultivação, variação de uvas, produção do vinho e as tendências do ramo. A entrada custa €20 e no final do tour você tem direito a uma taça de vinho com uma visita panorâmica da cidade. Para chegar lá da Esplanade de Quinconnes, você pega o tramway B (direção Bassins) ou anda 2,5km nas margens do rio.

Os vinhedos fora da cidade

O que fazer em Bordeaux: No centro de Bordeaux você pode fazer workshops e degustações de vinho no Bar à Vin, mas não deixe de visitar os vinhedos nos arredores da cidade. Na alta temporada, o escritório de turismo de Bordeaux oferece 60 circuitos diferentes para quem quer conhecer os vinhedos da região. Você tem desde visitas guiadas por experts do ramo, road trips ou passeios independentes de bicicleta nas vinícolas que cercam a cidade.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER

COMO IR: De Paris, o trem-bala (TGV) sai da estação Montparnasse e leva um pouco mais de três horas para chegar em Bordeaux. Chegando na estação de trem Bordeaux Saint-Jean você está a 10 minutos do centro histórico, dá para ir a pé ou pegar o tramway que te deixa em diferentes partes do centro.

QUANDO IR: Vá no verão ou na primavera sem dúvidas. Bordeaux tem um charme surreal nas estações mais quentes. A cidade fica colorida, animada e os terraços dos cafés lotados. Já no inverno a vibe é mais cinzenta, tem muitas obras e os prédios parecem mais sujos.

COMO SE LOCOMOVER : Circule a pé, de bicicleta ou com transporte público. O passe Tickarte (infotbc.com) é vendido em escritórios de turismo e nas bilheterias automáticas das estações de tramway. O legal desse passe é que com ele você pode usar à vontade os ônibus e tramways de Bordeaux durante um dia (€4,60) ou uma semana (€13). Já o bilhete avulso custa 1,50.

O Vcub é o serviço de locação de bicicletas da cidade, são 1550 bicicletas distribuídas em 139 estações. Por 24 horas paga-se €1,50, os primeiros 30 minutos são de graça e depois você pega €2/hora. Você também pode reservar o serviço por 7 dias que custa €7 e funciona no mesmo princípio do de 24 horas.

ONDE FICAR : Eu recomendo uma estadia de 2-3 dias no centro de Bordeaux, depois disso vale dar uma esticada até os vinhedos e passar de 2-3 dias afastado da cidade.

Hotéis no centro de Bordeaux: Intercontinental Bordeaux (diárias a partir de €323), Le Boutique Hotel Bordeaux (diárias a partir de €198), La Course (diárias a partir de €180) e Majestic (diárias a partir de €95).

Hotéis fora de Bordeaux:  De todos os hotéis-vinícola nos arredores da cidade, eu recomendo o Les Sources de Caudalie (diárias a partir de €192, 20 minutos de Bordeaux), um hotel-spa de luxo no domínio do Château Smith Haut-Laffite. Vale passar uns dias relaxantes por ali, fazendo tratamentos de vinoterapia no spa, andando de bicicleta pelos vinhedos, comendo no restaurante duas estrelas Michelin La Grand’ Vigne e fazendo workshops temáticos na vinícola do Château. Leia mais sobre o hotel-spa Les Sources de Caudalie.

O que fazer em Bordeaux

Author Giovanna

Blogueira no portal do Estadão e jornalista formada pela Sorbonne, Giovanna se mudou de vez para Paris em 2014, desde então ela percorre a Cidade Luz dia e noite com a sua Nikon pendurada no pescoço e um bloquinho de notas na bolsa.

More posts by Giovanna

Leave a Reply