Na padaria: os clássicos da culinária francesa

Na padaria: os clássicos da culinária francesa
[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”2/3″][vc_column_text]

Que a França é mundialmente conhecida por sua culinária, isso é indiscutível.

É importante saber que não só a alta gastronomia define a comida francesa. Clássicos da cozinha mais respeitada do mundo podem ser saboreados por alguns euros em uma simples padaria. Hoje são mais de 32 mil boulangeries-pâtisseries no território francês, de onde saem seis bilhões de baguetes anualmente.

Entre as vitrines repletas de docinhos e pãezinhos apetitosos existem alguns clássicos que todo francês ama. Para entrar no clima local, aqui está uma seleção do que comer na França quando se trata de pães e doces tradicionais que você encontra em qualquer padaria-confeitaria de Paris.[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/3″][vc_raw_html]JTNDc2NyaXB0JTIwYXN5bmMlMjBzcmMlM0QlMjIlMkYlMkZwYWdlYWQyLmdvb2dsZXN5bmRpY2F0aW9uLmNvbSUyRnBhZ2VhZCUyRmpzJTJGYWRzYnlnb29nbGUuanMlMjIlM0UlM0MlMkZzY3JpcHQlM0UlMEElM0MlMjEtLSUyMEFkJTIwUG9zdCUyMC0tJTNFJTBBJTNDaW5zJTIwY2xhc3MlM0QlMjJhZHNieWdvb2dsZSUyMiUwQSUyMCUyMCUyMCUyMCUyMHN0eWxlJTNEJTIyZGlzcGxheSUzQWJsb2NrJTIyJTBBJTIwJTIwJTIwJTIwJTIwZGF0YS1hZC1jbGllbnQlM0QlMjJjYS1wdWItODIwNjgwMTA5NDIyOTc0NCUyMiUwQSUyMCUyMCUyMCUyMCUyMGRhdGEtYWQtc2xvdCUzRCUyMjE2NjAxMDg5MTUlMjIlMEElMjAlMjAlMjAlMjAlMjBkYXRhLWFkLWZvcm1hdCUzRCUyMmF1dG8lMjIlM0UlM0MlMkZpbnMlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlM0UlMEElMjhhZHNieWdvb2dsZSUyMCUzRCUyMHdpbmRvdy5hZHNieWdvb2dsZSUyMCU3QyU3QyUyMCU1QiU1RCUyOS5wdXNoJTI4JTdCJTdEJTI5JTNCJTBBJTNDJTJGc2NyaXB0JTNF[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][heading]

O QUE COMER NA FRANÇA:

Os clássicos das padarias francesas

[/heading][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][divider line_type=”No Line” custom_height=”10″][vc_column_text]O que comer na França: clássicos da culinária francesa[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Baguete

O pão tradicional francês é o clássico de todas as refeições, seja como acompanhamento para saladas ou com um pouco de manteiga e geleia no café da manhã. Diz a lenda que o seu formato comprido e arredondado nas pontas foi uma criação dos padeiros do imperador Napoleão para que os pães fossem transportados facilmente nas batalhas.

Além da clássica baguete, existe a tradition – coberta por grãos e farinha, mais saudável, com menos aditivos.[/vc_column_text][divider line_type=”No Line”][fancy-ul icon_type=”font_icon” icon=”icon-plus-sign” color=”Accent-Color”] LEIA TAMBÉM:

[/fancy-ul][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

Croissant

Essa viennoiserie – termo utilizado para produtos que são parecidos com pães mas tem outros ingredientes e massa folhada,  veio de Viena e foi introduzida na França graças à rainha Maria Antonieta. O nome croissant significa meia-lua, o que explica o formato da massa. Na padaria peça um croissant au beurre feito à base de manteiga de acordo com a receita original, diferente dos croissants ordinares feitos com diversos tipos de gordura e que não são tão bons assim.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”full_width_content” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][image_with_animation image_url=”4502″ alignment=”” animation=”Fade In”][divider line_type=”No Line”][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Pain au chocolat

A massa parecida com a do croissant pode enganar alguns, mas seu formato retangular e seu recheio de chocolate fazem os olhinhos brilhar quando entramos na padaria. Enrolado sobre essas finas camadas de chocolate, o pain au chocolat não é nada enjoativo e uma ótima pedida para aquela fominha durante a tarde.

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Chausson aux pommes

Folhado em formato retangular ou triangular recheado com um delicioso caldo de maçã – frequentemente usado nas tortas. Todo gordinho, dourado, ligeiramente caramelizado e coberto por uma fina pitada de canela, o chausson aux pommes cai perfeitamente com um cházinho. Na padaria pode-se pedir para esquentar, fica ainda mais gostoso.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][heading]

O QUE COMER NA FRANÇA:

Os clássicos das padarias francesas

[/heading][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

Brioche

O pão originário da Normandia do século XVI é conhecido pela famosa frase de Maria Antonieta:  “se não tem pão, que comam brioches”.  Ótimo acompanhamento para uma sobremesa ou chá, o brioche nada mais é do que um pão feito com mais ovos, manteiga, leite, creme e, às vezes, com um leve toque de conhaque e açúcar. O brioche também é frequentemente preparado com frutas ou pedaços de chocolate.

Le flan-pâtissier

A confeitaria menos calórica entre os clássicos franceses tem por volta de 250kcal por unidade e é uma torta de creme. A receita tradicional é a de baunilha, mas você também encontra a versão em chocolate, um pouco mais calórica.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Éclair

O éclair é o que nós conhecemos no Brasil como bomba. Além dos clássicos recheios de chocolate e baunilha, você também encontra bomba de café, cappuccino e pistache. Essa especialidade francesa faz muito sucesso entre os parisienses.[/vc_column_text][divider line_type=”No Line”][fancy-ul icon_type=”font_icon” icon=”icon-plus-sign” color=”Accent-Color”] LEIA TAMBÉM:

[/fancy-ul][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]O que comer na França: os clássicos da culinária francesa[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]

Pain au levain

Este pão fermentado naturalmente é um pouco mais compacto e tem um sabor levemente ácido. Feito a partir de uma combinação de lactobacilos e levedura, o pain levain é uma alternativa mais saudável para os pães industriais.

Religieuse

Imagine duas éclaires em formato arredondado unidas por um creme: essa é a religieuse. Inventada em 1856 no Frascati – famoso café parisiense, a religieuse vem tradicionalmente em dois sabores: chocolate e café.

[/vc_column_text][divider line_type=”No Line”][heading]

O QUE COMER NA FRANÇA:

Os clássicos das padarias francesas

[/heading][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Pain aux raisins

Também conhecido como escargot aux raisins – quando em forma de espiral semelhante à do caracol, o pain aux raisins é uma folhado feito com uma massa de brioche misturada com uvas passas e creme feito à base de leite e extrato de baunilha. Esse clássico das padarias francesas é um café da manhã tradicional para os parisienses mais apressados.

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Chouquette

Esse pequeno folhado em formato arredondado coberto por uma leve camada de açúcar é, na verdade, um profiterole. A chouquette, feita de pâte à chou – uma massa clássica da confeitaria francesa à base de leite, água, manteiga, fermento, ovos e sal, pode ser recheada com um creme de ovos e leite ou mousse. Se tiver sorte pode encontrar a chouquette coberta de chocolate.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]O que comer na França: os clássicos da culinária francesa[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/2″][vc_column_text]

Macaron

O bolinho granulado e arrondado parecido com um suspiro é um clichê parisiense. As duas conchinhas de merengue e amêndoa podem ser recheadas com chocolate, avelã, framboesa, limão, chá verde… são infinitas as possibilidades. Para encontrar os melhores macarons evite as padarias e vá direto para uma confeitaria especializada. Eu recomendo a Pierre Hermé e o seu famoso macaron de maracujá e chocolate.[/vc_column_text][divider line_type=”No Line” custom_height=”5″][fancy-ul icon_type=”font_icon” icon=”icon-plus-sign” color=”Accent-Color”] LEIA TAMBÉM:

[/fancy-ul][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/1″][vc_column_text]VEJA AQUI ONDE ENCONTRAR OS MELHORES MACARONS DE PARIS

Financier

Este pequeno bolo de amêndoa feito com massa de manteiga é uma ótima opção para quem não gosta muito de doces recheados. Pequeno e retangular, o financier lembra o formato de uma barra de ouro .[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Seguir:
Compartilhar:

5 Comentários

  1. andre pottes
    19 de setembro de 2016 / 21:31

    Muito bom

  2. Elaine
    25 de outubro de 2016 / 20:15

    boa noite, vou com minha familia no reveillon, dia 1 de janeiro o que funciona na cidade?

    • 27 de outubro de 2016 / 07:32

      Olá Elaine!

      Estou preparando um post exatamente sobre isso: Como passar o Réveillon em Paris. Te envio o link assim que ele for publicado.

      Bisous !

  3. Roseane Genga
    26 de dezembro de 2016 / 16:50

    Oi Gigi, Amei!! !!Paris é deliciosa em todos os sentidos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *