Escondidinho a 20 minutos de barco da cidade de Granville, na Normandia, o arquipélago é passagem obrigatória na sua viagem ao Mont-Saint-Michel.

O lugar é, sem dúvidas, mágico. A 17km da costa, esse pedacinho de paraíso é praticamente deserto. Somente 10 pessoas muito sortudas moram no arquipélago o ano todo. Outras 20 mantêm uma casa para as férias. E sim, essa é a população completa das ilhas Chausey.

Conheça o arquipélago paradisíaco da Normandia, bem pertinho do Mont Saint-Michel:


Apesar de pequeno, o arquipélago tem um hotel, restaurantes simples, uma capela e um forte que foi construído às ordens de Napoleão em 1866 e abrigou 300 prisioneiros alemães e austríacos durante a Primeira Guerra Mundial.

A arquitetura de Chausey é simples, o charme fica para as casinhas e para a paisagem de deixar qualquer um de queixo caído. São seis praias, das quais três são abertas para banho – se você for corajoso de entrar naquela água gelada, é claro!

Como chegar lá?

Se estiver de carro, o que é aconselhável para uma viagem ao Mont-Saint-Michel, dirija até Granville (1 hora) – passando pela charmosinha cidade de Avranches para tirar algumas fotos. Em Granville, vá até à Gare Maritime (estação marítima) e compre os seus tickets para pegar a balsa da companhia Jolie France, custa 26€ ida e volta. Os barcos saem às 11h30 e às 13h. E a volta acontece das 17h às 18h30. As balsas funcionam todos os dias de abril a setembro de quarta, sábado, domingo e em dias de maré alta de outubro a março.


Dicas

  • Prefira ir o mais cedo possível, se der às 11h30. Prepare uma cesta de piquenique com toalha, muita água e sanduíches e escolha um ponto na ilha para sentar, curtir a paisagem e matar a fome.
  • Leve um livro ou revistas para sentar na praia e ler enquanto toma sol. Claro que também tem que explorar andando para lá e para cá, mas nada melhor que relaxar de verdade ouvindo o mar.
  • Protetor solar: não esqueça!
  • Vá de tênis, porque você vai andar, e muito. Conte com 2 horas de caminhada para conseguir percorrer toda a ilha.

Aqui vai um vídeo mostrando uma pequena parte desse paraíso!

Author Giovanna

Blogueira no portal do Estadão e jornalista formada pela Sorbonne, Giovanna se mudou de vez para Paris em 2014, desde então ela percorre a Cidade Luz dia e noite com a sua Nikon pendurada no pescoço e um bloquinho de notas na bolsa.

More posts by Giovanna

Leave a Reply